Política

Em polêmica com PSB, Otto defende chapa mista: ‘senão fica sanduíche de pão com pão’

[Em polêmica com PSB, Otto defende chapa mista: ‘senão fica sanduíche de pão com pão’]
14 de Junho de 2018 às 20:55 Por: Vagner Souza Por: Juliana Nobre e Tamirys Machado0comentários

O senador Otto Alencar (PSD) evita polemizar quando o assunto é a disputa entre a senadora Lídice da Mata (PSB) e o seu correligionário Angelo Coronel na formação da chapa majoritária do governador Rui Costa. Contudo, em entrevista ao BNews nesta quinta-feira (14), Otto reforçou uma composição mista entre partidos de esquerda e centro na chapa de Rui.

Otto rechaçou o posicionamento de alguns partidos de esquerda que querem “limitar” o crescimento do PSD no estado: o partido tem a presidência da AL-BA, da UPB e terá a vaga ao Senado. Segundo o pessedista, as legendas esquerdistas “estão fora da realidade da Bahia e do Brasil”. “Não sei se tem, mas se tiver é uma coisa que não vou considerar. É de direito de cada partido de reivindicar por cada um filiado, pleitear qualquer cargo. Nunca fiz crítica a nenhum deles. A convivência é muito boa com todos eles. Não tenho nenhuma ansiedade. Nunca fiz pressão a ninguém. Agora é só olhar a história recente da Bahia e do Brasil. Lula não teve o PCdoB como vice. Wagner teve o PSD como vice, Rui com o PP. Então é só olha a história”. 

Ao defender seu partido da chapa da reeleição, Otto parafraseou: “Se colocar todo mundo de esquerda aí fica sanduíche de pão com pão. Ninguém como sanduíche de pão com pão. Tem que ter um queijinho, né?”.

Matérias relacionadas:

Lei do Silêncio: Lídice determina que socialistas não comentem nada sobre chapa majoritária

Rui não dá detalhes, mas diz que reunião com Lídice “foi ótima”

Ninguém deixou de falar nada, diz Lídice ao negar ‘lei do silêncio’ sobre chapa majoritária

Se Lídice não ficar no Senado, provavelmente será candidata a deputada federal, diz Wagner


 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas