Política

Ex-secretária de Camaçari nega ter sido exonerada por causa de denúncia de corrupção

[Ex-secretária de Camaçari nega ter sido exonerada por causa de denúncia de corrupção]
09 de Abril de 2018 às 20:50 Por: Reprodução Por: Redação BNews0comentários

A ex-secretária de Desenvolvimento Urbano de Camaçari, Juliana Paes, afirmou ao BNews que seu pedido de exoneração ao prefeito Antonio Elinaldo (DEM) não decorre das acusações que pesam sobre ela de chefiar uma quadrilha que exigia propinas a empresas e investidores interessados na aprovação de empreendimentos imobiliários. 
Juliana seria indicação do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), e do deputado federal Paulo Azi (DEM-BA).

Em nota o advogado de Juliana Paes, Eduardo Porto, disse que ela “não é formalmente investigada”. “Houve uma denúncia que já foi rejeitada integralmente pela Justiça, antes mesmo da fase inicial de recebimento, demonstrando que não passou de uma acusação frágil e precária”. 

Argumentou ainda que o Tribunal de Justiça da Bahia rejeitou a ação de improbidade proposta pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA) e determinou o seu retorno ao cargo quando ela fora afastada em fevereiro por decisão do juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública de Camaçari, Cezar Augusto Borges de Andrade.

“A saída de Juliana Paes da SEDUR foi a pedido, não tem nenhuma relação direta com as acusações e ela está tranquila de que a sua inocência será provada em todas as instâncias da Justiça, bem como serão responsabilizados, na esfera cível e criminal, todos aqueles que se envolveram nessa armação forjada”.

Em depoimento ao MP-BA no início deste ano, o então subsecretário da Sedur, José Matos, declarou ter conhecimento que Juliana Franca Paes atuava como líder de uma quadrilha.

Notícias relacionadas:

Camaçari: juiz determina afastamento da secretária de Desenvolvimento Urbano

Ex-servidor da Sedur de Camaçari faz acusações contra Juliana Paes, que nega irregularidades

Camaçari: Secretária municipal é denunciada por exigir propina para liberação de empreendimentos imobiliários

Camaçari: subsecretário da Sedur diz ao MP que secretária comanda quadrilha

Camaçari: Em áudio, secretária diz que denúncias fazem parte de uma “grande armação”

"Grupo pedia propina usando nomes de ACM Neto e Paulo Azi", diz empresário em Camaçari

Titular da Sedur de Camaçari nega acusações e vai processar empresa e seu representante

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas