Às vésperas do Carnaval, aeroporto e rodoviária são alvos de queixas de usuários


Por Diego Vieira | Fotos: Gilberto Júnior / Bocão News

Um dos períodos mais aguardadas do ano, o Carnaval costuma atrair milhares de turistas à capital baiana. Só neste ano, são esperados cerca de 700 mil visitantes e boa parte dessas pessoas deve passar pelo aeroporto e rodoviária de Salvador. Mas, será que esses locais estão preparados para receber essa grande demanda de passageiros? Como está a situação dos principais portais de entrada e saída da cidade?
 
Pensando em responder esses questionamentos, a Blitz Bocão News foi ouvir a opinião dos usuários que frequentam o aeroporto e a rodoviária de Salvador. Assista:
 
 

"Eu acho que precisa melhorar muito. A estrutura externa precisa melhorar em relação a transporte e locomoção. Para quem já tem uma certa idade, os nossos familiares não podem estacionar aqui na porta para nos esperar, por exemplo", disse a administradora Ubiraci Matildes que utiliza os serviços do Aeroporto Internacional de Salvador com frequência.

A administradora Ubiraci Matildes reclama dos serviços de locomoção do aeroporto de Salvador

Ainda de acordo com a passageira, a melhoria na gestão seria a solução dos problemas. "O aeroporto precisa de um gestor mais presente, alguém que faça prevenção das máquinas, das estruturas internas e externas", opinou.

Uma pesquisa do Ministério dos Transportes colocou o aeroporto de Salvador como o mais mal avaliado do Brasil. O estudo de satisfação foi realizado ouvindo usuários durante o quarto trimestre de 2016. A média da capital baiana foi de 3,77 pontos, em uma escala de 1 a 5.

Ao considerar a média geral dos itens avaliados pelos passageiros, a pior avaliação dos serviços no equipamento foi para a qualidade da internet/wifi (1,87). Seguem também mal avaliados: qualidade da sinalização (3,99), limpeza geral e sensação de segurança das instalações (3,88), disponibilidade de sanitários (3,84), conforto acústico (3,76), conforto térmico (3,43), limpeza dos sanitários (3,24) e disponibilidade de tomadas (2.86). Após a divulgação dessa pesquisa, o aeroporto passa por medidas emergenciais. As ações envolvem limpeza e adequação dos sanitários, climatização, recuperação de elevadores e escadas rolante e contratação de novos funcionários.
 
"Os banheiros geralmente estão sujos. Além disso, eu acho o aeroporto muito pequeno para uma cidade tão grande como Salvador. Tem essas obras intermináveis também que são um caos", declarou a estudante Ana Carolina.
 
Ana Carolina reclama do atraso nas obras do aerporto de Salavdor
 
Vale lembrar que as obras do aeroporto iniciaram em junho de 2012 com prazo de entrega para dezembro de 2013, seis meses antes da Copa do Mundo de 2014. No entanto, não é preciso andar muito para se deparar com máquinas e operários ainda trabalhando no local. A Infraero atribui tal atraso à impossibilidade de suspensão dos serviços durante a execução das obras. 
 
Obras do aerporto iniciaram em junho de 2012 com prazo de entrega para dezembro de 2013
 
Rodoviária
 
Durante o Carnaval, mais de 120 mil passageiros devem passar pela Rodoviária de Salvador
 
Engana-se quem pensa que os problemas estão presentes apenas no aeroporto. Quem chega e sai de ônibus também reclama da situação do Terminal Rodoviário de Salvador. "Eu sinto muita deficiência com relação a alimentação. Nós somos obrigados a comprar alimentos com custo muito alto. Além disso, a aparência e o cheiro do ambiente são bastante desagradáveis. Pelo valor da taxa de embarque que pagamos, seria suficiente para termos uma aparência muito melhor na rodoviária", opinou a comerciária Edna Araújo.
 
Edna Araújo reclama dos serviços prestados pelo Terminal Rodoviário de Salvador
 
De acordo com a Agerba, durante o Carnaval, mais de 120 mil passageiros devem passar pela rodoviária de Salvador.
 
Participe da Blitz Bocão News. Para sugestões de reportagens envie um email para: blitzbnews@bocaonews.com.br

COMENTAR

* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.

RELACIONADAS