Alba: funcionários fazem acordo para dívida trabalhista, mas advogados barram


Por Juliana Nobre | Fotos: Arquivo BNews // Edson Ruiz

Os funcionários da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) chegaram a um acordo com o presidente da Casa, Angelo Coronel (PSD), para o pagamento da dívida trabalhista a um grupo de servidores. O montante já ultrapassava os R$ 500 milhões. Contudo, os advogados dos funcionários barraram o acordo, já que o acerto não contempla os profissionais.

Em conversa com o BNews, na manhã deste domingo (18), Coronel afirmou que aguarda um posicionamento do sindicato, que se comprometeu a fechar questão ainda esta semana. “Até quinta-feira (15) os funcionários tinham aceitado a proposta e ficaram de negociar com os advogados. É um acordo que beneficia a Casa e os servidores”, apontou o presidente.

O acordo visa aprovar o Plano de Cargos e Salários em troca da retirada do processo contra a Alba. A ideia do presidente é votar a matéria ainda no primeiro semestre, antes do recesso parlamentar. A Casa deve desembolsar R$ 10 milhões para o pagamento até o fim deste ano.

De acordo com o presidente, mais R$ 16 mil seriam direcionados no ano que vem. “Estamos economizando para pagar ainda este ano”, completou Coronel.

Ao invés de devolver ao Estado o superávit da Casa, os valores serão direcionados ao pagamento dos servidores.

O benefício será direcionado aos 700 servidores, sendo 335 no exercício da atividade.

O presidente do Sindicato dos Servidores da Assembleia Legislativa (Sindsalba), Flávio Abreu, não respondeu ao contato da reportagem.

Publicada originalmente dia 18

 

COMENTAR

* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.

RELACIONADAS

Política

LDO e mais três projetos estão na pauta desta terça na Alba

Política

Garantia do pagamento de emendas vira "moeda de troca" pra votar LDO

Política

Governo espera aprovar reforma da Previdência até agosto

Política

 Após "boicote" da base, Alba tem segunda semana seguida de votação

Política

 Alba convoca comissão conjunta para votar LDO 2018