Rui Falcão defende Lula presidente do PT: réu não é condenado


Por Cíntia Kelly e Aparecido Silva | Fotos: Gilberto Junior//Bocão News

O atual presidente nacional do Partido dos Trabalhadores (PT), Rui Falcão, defende que o ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, seja seu sucessor no comando da legenda. Em conversa com o Bocão News na chegada ao evento do Movimento dos Sem Terra (MST), no Parque de Exposições, em Salvador, na manhã dessa quarta-feira (11), o petista disse que Lula tem a capacidade de unificar a sigla.

"Tenho insistido muito para que Lula seja meu sucessor. Teremos um mandato de dois anos agora e ele aglutina, unifica, nos ajuda a superar os problemas de hoje. E isso também facilita a movimentação dele pelo paíss. Ele precisa ser convencido, tem muita gente defendendo isso", afirmou.

Questionado se o fato de Lula ser réu em processos na Lava Jato não seria um impeditivo para o líder comandar a agremiação, o dirigente minimizou a situação. "Réu naão é condenado. É um processo viciado, cujo objetivo é criar expectativa de que ele tem impedimento", apontou.

COMENTAR

* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.

RELACIONADAS

Política

Lula visitará quatro cidades baianas em agosto; confira quais são

Política

Lula é notificado sobre sentença e terá oito dias para apresentar recurso

Política

Lula convoca população para manifestação contra condenação feita por Moro

Política

Defesa de Lula recorre de decisão de Moro que manteve condenação de nove anos