Claudia Leitte consegue R$ 5,8 mi através da Lei Rouanet


Por Terena Cardoso (Twitter: @terena_cardoso)

Claudia Leitte, Rita Lee, Humberto Gessinger e a banda Detonautas estão entre os músicos famosos com projetos aprovados no começo de fevereiro pelo Ministério da Cultura para captar recursos pela Lei Rouanet. Desses, quem mais chama a atenção é a cantora baiana. A “negalora” conseguiu a bagatela de R$ 5,8 milhões já autorizados para a realização de 12 shows.

No entanto, a aprovação do Ministério não resulta em patrocínio e sim, um aval para que a cantora e os outros artistas busquem o incentivo junto a outras empresas que têm em troca abatimentos de impostos que correspondem ao valor investido no projeto. O de Claudinha se chama “Shows Claudia Leitte”.

Em contato com a assessoria da cantora, a equipe de Cláudia diz que a Lei Rouanet permite que ela se apresente em regiões as quais nunca cantou. Parte do dinheiro captado vai para despesas com transporte e estrutura de palco.

A turnê está  prevista para maio, junho e julho de 2013 em Rio Branco, Macapá, Belém, Manaus, Porto Velho, Boa Vista, Teresina, João Pessoa, São Luís, Fortaleza, Goiânia e Brasília.

Outros artistas

Entre shows e DVD, Rita Lee pode ter até R$ 1,8 milhão de patrocínios via lei de incentivo. O líder do Engenheiros do Hawaí, Humberto Gessinger, poderá ter até R$ 1 milhão para gravar um DVD solo em comemoração aos seus 50 anos de idade. Os integrantes do Ministério da Cultura voltam a se encontrar para analisar mais projetos em março.

Lei Rouanet

Para quem não sabe, a Lei de Incentivo à Cultura, “Lei Rouanet”, é conhecida pelo governo federal como política de incentivos fiscais e utiliza parte do Imposto de Renda em ações culturais e obtém benefícios fiscais sobre o valor do incentivo.

Todas as pessoas físicas e jurídicas que atuam na área cultural, como artistas, produtores e técnicos, além de autarquias e fundações podem solicitar apoio a Lei Rouanet. A aplicação da verba pode ser em diversos segmentos como teatro, dança, circo, literatura, música e outros. Os interessados devem apresentar proposta ao Ministério da Cultura, que avalia se o projeto vale ser aprovado ou não. A partir daí, o titular do projeto pode buscar recursos com cidadãos ou empresas, que são os incentivadores. Estes, têm o valor parcial ou total deduzido no Imposto de Renda devido.

Vale ressaltar, que os projetos podem ser feitos por meio de doação ou patrocínio e apenas pessoas físicas ou jurídicas sem fins lucrativos podem receber doações e qualquer tipo de promoção do doador é proibido.

Polêmica

A grande polêmica em torno da Lei Rouanet está nos critérios de aprovação dos projetos. Artistas já consagrados a exemplo de Claudia Leitte, Rita Lee, Humberto Gessinger e grandes eventos como o Rock in Rio obtém o aval do Ministério da Cultura que ultrapassa a casa dos milhões. Maria Bethânia chegou a conseguir R$ 1,35 milhão para a construção de um blog.

*Com informações do Correio

COMENTÁRIOS

Nana - 22/02/2013 - 16:29
os shows são de graça pro povão? quer dizer q meu imposto de renda vai pro bolso deles?? tem o q de retorno? pago ir todos os anos e meu dinheiro vai pros ricos ganharem mais dinheiro?
Ranael - 22/02/2013 - 14:19
NÃO VALE APENAS TRABALHAR NESSE PAÍS ... SÓ TEM VEZ QUEM TEM DINHEIRO O PEQUENO E MICRO EMPRESÁRIOS SE MATA PARA PRODUZIR E QUEM COLHE SEMPRE OS GRANDE...AINDA FALAM QUE ESTÃO ACABANDO COM A POBREZA.

Carregar mais comentários.

COMENTAR

* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.

RELACIONADAS

Entretenimento

Claudinha anima aniversário da San em cruzeiro com destino a Salvador

Entretenimento

Brown, Claudia Leitte, Lulu Santos e Michel Teló cantam na final do BBB17

Entretenimento

Depois de Claudinha, agora Luan Santana tem problemas com a Lei Rouanet

Famosos

Claudia Leitte se arrisca andando de skate e leva queda feia; assista