Saúde

Pesquisa descobre fármaco que pode eliminar vírus da chikungunya

[Pesquisa descobre fármaco que pode eliminar vírus da chikungunya]
10 de Novembro de 2018 às 21:35 Por: Arquivo/Marcelo Camargo/Agência Brasil Por: Redação BNews0comentários

Um fármaco usado no tratamento contra hepatite C crônica pode eliminar o vírus da chikungunya e da febre amarela. A descoberta foi feita por pesquisadores do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo (ICB-USP), com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

O estudo realizou todos os testes para uso humano do Sofosbuvir, sendo assim, é possível que a substância seja utilizada em uma eventual epidemia de chikungunya. A pesquisa mostrou que as células humanas infectadas in vitro com a doença foram tratadas com o fármaco, que eliminou o vírus sem danificá-las e se mostrou 11 vezes mais eficaz contra o vírus do que contra as células.

Segundo o professor Lúcio Freitas-Junior, utilizar o Sofosbuvir no tratamento da chikungunya é interessante porque o processo para a obtenção de um novo fármaco é demorado e caro, leva cerca de 12 anos e pode chegar a R$ 1,5 bilhão. 

"O Sofosbuvir é uma droga que passou por todo o processo de aprovação para uso humano. Isso possibilita que ela venha a ser utilizada contra a chikungunya em um ou três anos. O custo seria muito menor, estimado em cerca de US$ 500 mil”, completou. Semelhante a dengue, a chikungunya é uma doença aguda e pode provocar sequelas, dores articulares debilitantes, que podem durar meses ou anos.
 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas