Economia e Mercado

Com limitações, governo diz que possível suplementação para TJ-BA e AL-BA será estudada

[Com limitações, governo diz que possível suplementação para TJ-BA e AL-BA será estudada]
09 de Novembro de 2018 às 11:54 Por: Camila Souza/GOV Por: Fernanda Chagas0comentários

O Governo do Estado, através da Secretaria da Fazenda (Sefaz), afirmou que fará avaliação de pedidos de suplementação orçamentária, considerando a limitação do orçamento. 

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) e a Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) já antecederam a necessidade de mais recursos para fechar as contas.

No caso do TJ-BA, informações dão conta de que o valor “extra” pode chegar aos R$ 300 milhões. No caso da Assembleia, cogita-se algo em torno de R$ 20 milhões. 

De acordo com a assessoria de comunicação da Sefaz, órgão gerido pelo secretário Manoel Vitório, a Bahia, como todos os demais estados, continua enfrentando sérias dificuldades resultantes da crise econômica.

"Graças ao equilíbrio fiscal mantido com muito esforço, segue entre os poucos que pagam suas contas rigorosamente em dia", pontuou, em documento. 

“Portanto, eventuais demandas por suplementação oriundas de outros poderes vão ser discutidas considerando-se essas limitações e buscando chegar ao entendimento, como sempre tem acontecido nesses casos”, reforçou o orgão.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas