Eleições 2016

Ex-aliada, Célia acusa ACM Neto de superfaturar obras

[Ex-aliada, Célia acusa ACM Neto de superfaturar obras]
21 de Agosto de 2016 às 17:37 Por: Gilberto Junior/Bocão News Por: Redação Bocão News0comentários

Ex-aliada do candidato à reeleição ACM Neto (DEM), Célia Sacramento (PPL) acusou o democrata de superfaturar obras durante a sua gestão. Em entrevista ao jornal A Tarde, afirmou que houve uma “série de obras que foram feitas na prefeitura com custo muito maior que deveria”.

“Sou especialista em análises de custos. Sou formada na USP. Se tem uma pessoa que entende de controladoria sou eu. Fui a primeira mestra em Contabilidade de Salvador. Os principais especialistas em controladoria e sistemas de custos na área empresarial como FIEB, Polo, Prefeitura, passaram por mim. Com essa expertise posso dizer: tivemos uma série de obras que foram feitas na prefeitura com custo muito maior que deveria”, disse, apontando o superfaturamento nas obras da Barra, Rio Vermelho e ciclovia do subúrbio ferroviário. “Quem já construiu casa, tem noção de preço dos materiais, ver milhões aplicados em certas reformas estremece as pessoas”, acrescentou.

Célia afirmou também que com 35% do que Neto gastou na Barra teria feito "toda a cobertura do Canal do Camurugipe e faria encosta no Barro Branco, não morreriam aquelas 22 pessoas”. “Além do mais, Salvador é a capital do desemprego, enquanto o gestor público tem o seu patrimônio triplicado”, provocou.

Ainda na entrevista, Célia ressaltou que Neto nunca levou em conta suas ponderações. “Certa feita pedi a ele para participar diretamente da orientação e análise da controladoria da Prefeitura. Ele não quis. Tudo que foi feito na cidade de positivo eu elogiava. Por que sucesso total? Em terra de banguelo quem tem um dente é rei. Estava tudo destruído. O que fizesse seria sucesso mesmo”, pontuou. Célia frisou que o DEM, partido de Neto, tem “histórico de corruptos”.
 

Matérias relacionadas:
Rachados, Neto diz que não fará ataques a Célia Sacramento
Célia Sacramento diz que “se tivesse a caneta, faria mais

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas