Educação

Polêmica do WhatsApp: após repercussão negativa, Colégio Vieira emite 'Carta Aberta à Sociedade'

[Polêmica do WhatsApp: após repercussão negativa, Colégio Vieira emite 'Carta Aberta à Sociedade']
09 de Novembro de 2018 às 16:52 Por: Divulgação Por: Redação BNews0comentários

A direção do Colégio Antônio Vieira reiterou, em carta aberta nesta sexta-feira (9), que está “aplicando as medidas educativas” aos estudantes envolvidos na troca de mensagens com conteúdo ofensivo contra mulheres, índios e minorias em um grupo de WhatsApp. 

Batizado por “Direita delirante”, o grupo reunia apoiadores do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), que chegam a sugerir a criação de um “ministério da tortura”.

“...vai abrir o ministério da Tortura. Mais importante que o da Cultura”, escreveu um dos participantes. Outro, defendeu agressão contra mulheres: “Tortura essas puta [sic] dando umas 5 facadas logo”.

Na manhã desta sexta, alunos do Antônio Vieira fizeram um ato no pátio da instituição em apoio a professores que teriam sido alvo de xingamentos nas conversas. 

Ontem o procurador de Justiça Rômulo Moreira pediu apuração ao Centro de Apoio Operacional da Criança e do Adolescente (Caoca) sobre caso.

Na carta aberta, a direção da escola disse esperar que o episódio “sirva para a reflexão de todos sobre a importância do engajamento coletivo na promoção de uma cultura de paz e de respeito”.

Veja carta na íntegra:

Carta aberta à sociedade

“O semeador saiu a semear” (Mt 13,1).

“A educação e, em particular, nossas instituições educativas, formam parte do esforço humano por fazer germinar a semente do Reino de Deus na história”. (Pe. Arturo Sosa, SJ, superior geral da Companhia de Jesus, Rio de Janeiro, 20 de outubro de 2017). 

O Colégio Antônio Vieira tem uma bonita história em educação. Ao longo de mais de um século, quantas sementes férteis foram lançadas para a construção de um mundo melhor! Entendemos que, assim como a missão do semeador, a missão de formar homens e mulheres com e para os demais é desafiadora, complexa, mas profundamente gratificante.

Acreditamos na capacidade que o ser humano tem de aprender sempre e reordenar seus pensamentos e sua trajetória. Como esclarecemos em nota, o Colégio Antônio Vieira já está aplicando as medidas educativas pertinentes aos fatos lamentáveis que vieram à tona no início desta semana. No entanto, firmados numa ética do cuidado para com todos os envolvidos, entendemos que as decisões tomadas referem-se exclusivamente ao âmbito interno da nossa instituição.

Desejamos que este caso, que feriu profundamente os princípios e valores da nossa comunidade educativa, sirva para a reflexão de todos sobre a importância do engajamento coletivo na promoção de uma cultura de paz e de respeito para com os demais. Assim, cultivamos, uma vez mais, a esperança de ver “germinar a semente do Reino de Deus na história”. 

Atenciosamente,
Direção do Colégio Antônio Vieira

 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas