Política

Prefeitura planeja dar incentivos para reabertura do Salvador Praia Hotel, Othon Palace e Pestana

[Prefeitura planeja dar incentivos para reabertura do Salvador Praia Hotel, Othon Palace e Pestana]
08 de Dezembro de 2018 às 10:51 Por: BNews/Vagner Souza Por: Henrique Brinco0comentários
O prefeito ACM Neto (DEM) anunciou que a gestão municipal planeja dar uma série de incentivos para superar a crise que a rede hoteleira enfrenta. Ele classifica o momento atual como "auspicioso" para o turismo com a abertura dos hotéis Fera Palace e Fasano - além das obras do Centro de Convenções Municipal e a duplicação do Aeroporto de Salvador, que devem ser inauguradas no próximo ano. O democrata revelou que se debruça sobre três grandes equipamentos que fecharam nos últimos anos: o hotel Pestana, o Othon Palace e o Salvador Praia Hotel.
 
"A gente tem tudo para iniciar processo de recuperação da rede hoteleira. Eu, inclusive, estou estudando um conjunto de incentivos fiscais que nós pretendemos dar em hotéis que estão investindo na nossa capital, que estão abrindo as portas ou vão requalificar suas estruturas", destaca Neto.
 
"Estou debruçado sobre três equipamentos que fecharam nos últimos anos. Estamos buscando encontrar soluções ainda no primeiro semestre de 2019. Eles são o Salvador Praia Hotel, o Othon Palace e o Hotel Pestana. Sendo que no caso do Pestana já temos o compromisso de que até o mês de março vamos anunciar conjuntamente qual vai ser o investimento e o prazo para o funcionamento desse investimento. Então, acho que tudo isso sinaliza para um momento grandioso para Salvador", completa.
 
A construtura Maura Dubeux, proprietária do extinto Salvador Praia Hotel (fechado há mais de 10 anos), já estuda planos de recuperação para o empreendimento. Um deles chegou a ser rejeitado pela Prefeitur por interferir na Orla. Já o Othon, em novembro, obteve vitória na Justiça - que acatou o pedido de recuperação judicial após o fechamento das unidades da capital baiana e mineira. O grupo terá dois meses para apresentar um plano de reestruturação. O Grupo Pestana, por sua vez, também anunciou que planeja retomar as atividades caso o cenário favorável ao turismo continue.
 
Indagado pelo BNews sobre como classifica a crise na rede hoteleira, Neto minimiza: "A gente tem que olhar os dois lados da moeda. Existem hotéis que fecharam, sim, mas existem hotéis que estão abrindo. Eles chegam com a proposta de muito mais qualidade do que aqueles que fecharam. Os hotéis que fecharam estavam em decadência, piorando a qualidade dos serviços".

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas