Política

Baiano Léo Pinheiro diz que Lula se comportava como dono do sítio

[Baiano Léo Pinheiro diz que Lula se comportava como dono do sítio]
09 de Novembro de 2018 às 19:14 Por: Divulgação Por: Henrique Brinco0comentários
O ex-diretor da OAS, Léo Pinheiro, disse em depoimento à juíza Gabriela Hardt, nesta sexta-feira (9), que o ex-presidente Lula se comportava como dono do sítio de Atibaia. O baiano estima que a empresa desembolsou entre R$ 350 mil e R$ 450 mil na reforma.
 
O empreiteiro disse que o petista lhe pediu pessoalmente para reformar o sítio de Atibaia. “Ele me explicou que queria fazer uma reforma grande no Sítio de Atibaia, na sala e na cozinha, e também no lago. E se poderia mandar uma equipe. Eu disse que gostaria de ir pessoalmente”, afirmou.
 
O executivo contou também que levou o arquiteto Paulo Gordilho, pois ele já estava por dentro da obra do triplex do Guarujá. Lula teria pedido discrição para que os funcionários da obra não fossem identificados como contratados da OAS.
 
A defesa do ex-presidente ainda não se manifestou sobre as acusações. Vale lembrar que a juíza Gabriela Hardt é sucessora de Sérgio Moro na condução da Operação Lava Jato no Paraná.
 
Assista:

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas