Política

João Leão acusa Marcelo Nilo de articular vazamento de delação contra Nelson Leal: ele gosta de perseguir as pessoas

[João Leão acusa Marcelo Nilo de articular vazamento de delação contra Nelson Leal: ele gosta de perseguir as pessoas]
08 de Novembro de 2018 às 13:41 Por: Vagner Souza/BNews Por: Aparecido Silva e Guilherme Reis0comentários

Presidente do PP na Bahia, o vice-governador João Leão acusa o deputado federal eleito Marcelo Nilo (PSB) de articular o vazamento de uma delação contra o pré-candidato à presidência da Assembleia Legislativa Nelson Leal (PP). No documento, o empresário Kells Belarmino Mendes contou ao Ministério Público Federal (MPF) que Leal, ao lado do irmão, intermediou um contrato que foi firmado com a prefeitura de Livramento de Nossa Senhora. O Ministério Público Federal (MPF), porém, apontou falta de provas contra o parlamentar.

"Isso não é correto. Só porque o cara é candidato à presidência da Assembleia. Foi Marcelo Nilo, que tem mania de perseguição. Ele gosta de perseguir as pessoas, a mim, Otto Alencar, Jaques Wagner, Rui Costa...”, disse Leão ao BNews. "Ele [Nelson Leal] foi delatado. Não tinha culpa nenhuma. Se tivesse, teria sido indiciado como outros foram. Isso é um crime", acrescentou.

Marcelo Nilo já presidiu a Assembleia Legislativa e tentou se reeleger no último pleito, mas desistiu na reta final da disputa após perder o apoio dos colegas para Angelo Coronel (PSD), o atual presidente. A reportagem tentou entrar em contato com Nilo, mas não obteve êxito até a publicação desta nota.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas