Política

Lorena reafirma disposição para integrar chapa de Zé Ronaldo e se irrita ao ser chamada de falsa profeta

[Lorena reafirma disposição para integrar chapa de Zé Ronaldo e se irrita ao ser chamada de falsa profeta]
12 de Julho de 2018 às 18:58 Por: Divulgação Por: Henrique Brinco0comentários

A vereadora Lorena Brandão (PSC) se colocou mais uma vez à disposição para integrar a chapa majoritária do grupo de José Ronaldo. A edil concedeu uma entrevista ao programa “Se Liga Bocão”, da Itapoan FM, na noite desta quinta-feira (12). Ela comentou a nota publicada na coluna "Na Sombra do Poder", que informou que o vice-prefeito Bruno Reis já a chama de "vice-governadora".

“Que conversa é essa? Nesse sábado passado assumi a presidência no estado do PSC. Faz muitos anos que sou filiada ao PSC e nunca imaginei que estaria nesse lugar hoje. Mas o PSC hoje está fechado com o nome de Lázaro. As pessoas ficam ventilando se uma mulher faria parte da majoritária”, disse Lorena. “Temos grandes nomes para ocupar qualquer vaga”, completou.

Indagada se ela colocou o nome à disposição da chapa, Lorena confirmou. “O que eu respondo prefeito? Ouvi o prefeito falar que já temos certo os nomes de Jutahy e Zé Ronaldo, mas queria dizer que estou à disposição sim. [...] Estou comprometida. E você, o que pode fazer? O voto é a maior arma que o povo brasileiro pode ter”, analisou.

Brandão ainda ventilou sobre como vai chegar no eleitor “desiludido” com os escândalos da política. “[Chegarei] Do jeito Lorena Brandão de ser. As pessoas podem analisar minha vida nas redes sociais. Vou chegar nesse mesmo jeito. Quando Deus me chamou para a política, estava tão desiludida com a política. Muitos amigos meus deixaram o Brasil”.

Falsa profeta?

Lorena se irritou com a participação de um ouvinte do programa, que a chamou de “falsa profeta” e vereadora “do diabo” por ter votado, segundo ele, contra os servidores da saúde na Câmara Municipal. “Boa noite para você, vou deixar o seu julgamento nas mãos do senhor”, respondeu a vereadora evangélica. “Não sei se você sabe, mas minha mãe é servidora pública da saúde. Minha mãe é médica. Nenhum direito foi cassado pelo prefeito ACM Neto. Mas um dia você vai me pedir perdão”, vociferou.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas