Política

Camaçari: Em áudio, secretária diz que denúncias fazem parte de uma “grande armação”

[Camaçari: Em áudio, secretária diz que denúncias fazem parte de uma “grande armação”]
15 de Fevereiro de 2018 às 16:13 Por: Reprodução Por: Redação BNews0comentários

Em áudio divulgado pelos grupos de whatsapp, a secretária de Desenvolvimento Urbano de Camaçari, Juliana Franca Paes, afirmou a amigos e aliados que está tranquila frente às denúncias apresentadas pelo representante da empresa Incorplan, João Caetano Poli. O executivo afirmou que o grupo político local, através de Juliana, pediu “na faixa de R$ 1 milhão” para facilitar o projeto imobiliário da empresa na região de Arembepe.

O caso já está sob investigação do Ministério Público pelo promotor de Justiça da 7ª Promotoria em Camaçari, Everardo Yunes.     

No áudio enviado ao BNews, Juliana afirma que tudo “não passa de uma grande armação”. 

“Tá tudo bem comigo minha gente. É uma barra, é uma situação chata, mas eu estou muito confiante. A gente sabia que tinha uma grande armação acontecendo. Tô preparada, tô amparada, tô muito tranquila, de que vai dar tudo certo. A denúncia é absolutamente vazia. Não tem fundamento de nada”, disse. 

Em dado momento quis tranquilizar seus aliados.  “Eu só queria dizer que tá tudo sobre controle que tudo vai dar certo tudo isso será provado e a justiça será feita. Só sou vítima de uma grande injustiça que estão cometendo. (...) Meu trabalho na Sedur, infelizmente, está incomodando muita gente e a prova tá aí para todo mundo ver publicamente. O objetivo é me intimidar, é me coagir, é me desestabilizar, mas eles não vão conseguir porque eu sou mais forte do que tudo isso. O meu propósito é muito claro no sentido  de fazer um bom e belo trabalho e deixa minha marca positiva”, afirmou.  

 

Matérias relacionadas:

Titular da Sedur de Camaçari nega acusações e vai processar empresa e seu representante

Camaçari: Secretária municipal é denunciada por exigir propina para liberação de empreendimentos imobiliários

Camaçari: subsecretário da Sedur diz ao MP que secretária comanda quadrilha

"Grupo pedia propina usando nomes de ACM Neto e Paulo Azi", diz empresário em Camaçari
 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas