Eleições 2018

Livro lista mentiras contadas por presidentes

[Livro lista mentiras contadas por presidentes]
13 de Outubro de 2018 às 07:44 Por: Reprodução Por: Naief Haddad - Folhapress0comentários

"A mentira, o exagero e a contradição são apartidários. Todos os presidentes brasileiros têm usado esses recursos sem o menor pudor", afirma o repórter do jornal O Globo Chico Otavio, um dos autores do recém-lançado "Você Foi Enganado".

Escrito por ele e por Cristina Tardáguila, fundadora da Agência Lupa, especializada em checagem de dados, o livro revive histórias e declarações inverídicas de um século atrás, demonstrando que as fake news são uma praga antiga. 

Em 1922, a equipe do marechal Hermes da Fonseca, que havia sido presidente do Brasil entre 1910 e 1914, produziu um documento falso contra o adversário político Artur Bernardes. Apesar da farsa, Bernardes venceu as eleições seguintes.

"Você Foi Enganado", no entanto, se concentra em mentiras da política brasileira nas últimas quatro décadas, a começar pela gestão do general João Baptista Figueiredo.

Em abril de 1981, uma bomba explodiu dentro de um carro no estacionamento do centro de convenções Riocentro, no Rio, enquanto ocorria um show. 


No inquérito claramente distorcido, o coronel Job Sant`Anna apontou grupos de esquerda como responsáveis pelo atentado, versão endossada pelo governo federal.

Só na reabertura do caso pelo Exército, em 1999, ficou provado que os culpados pela explosão eram um sargento e um capitão, ambos agentes do DOI (Destacamento de Operações de Informação). O ataque frustrado era resultado da insatisfação de setores militares com o processo de transição para a democracia.
As grandes mentiras do Poder Executivo abordadas no livro foram escolhidas após consultas a historiadores, cientistas políticos e jornalistas especializados no tema. Essa foi uma das etapas iniciais do trabalho, que se estendeu de setembro de 2017 a abril de 2018.

O confisco da poupança no governo de Fernando Collor de Mello está no centro de um dos capítulos. Em dezembro de 1989, a cinco dias do segundo turno da eleição, um jornalista perguntou a ele: "O senhor garante aos poupadores que não tocaria jamais na poupança?". Collor foi assertivo: "Sem dúvida". Não era a primeira vez que negava essa possibilidade.

Eleito Collor, a ministra Zélia Cardoso de Mello anunciou, entre outras medidas, o bloqueio por 18 meses dos depósitos em caderneta de poupança que excedessem 50 mil cruzados novos. A população ficou atônita. Em Porto Alegre, um major reformado matou a mulher e a cunhada e se suicidou. Um bilhete deixado por ele dizia que o governo o levara à falência.

"Tentamos mostrar o impacto das mentiras dos presidentes sobre o cidadão comum, como o fechamento das lojas de R$ 1,99 durante o governo Fernando Henrique Cardoso", afirma Tardáguila.

Na campanha para a reeleição, em 1998, FHC disse mais de uma vez que não desvalorizaria o real. Foi, porém, o que determinou no início do segundo mandato, prejudicando vários setores da economia, como o comércio de R$ 1,99.

"Se ganharmos a eleição, tenho certeza de que parte da corrupção irá desaparecer já no primeiro semestre", disse Lula em 2002. Como o livro descreve, denúncias de má gestão acompanharam os dois mandatos do petista, do escândalo do mensalão à Operação Lava Jato.

Na sequência, "Você Foi Enganado" relata as motivações e as consequências das inverdades anunciadas por Dilma Rousseff e Michel Temer.

Abordando com a mesma metodologia militares, tucanos e petistas, entre outras tintas ideológicas, o livro mantém a imparcialidade. 

"Ninguém é mentiroso contumaz. A mentira e a verdade oscilam entre as pessoas. O fato de um presidente ter mentido aqui e acolá não significa que seu governo não possa ter tido boas realizações", afirma Tardáguila.
Segundo a autora, o combate às notícias falsas não deve se restringir aos veículos jornalísticos. 

O poder público no Brasil precisa oferecer bases de dados confiáveis e acessíveis. Além disso, de acordo com ela, os currículos escolares precisam contemplar a cidadania digital para proteger os internautas das armadilhas das informações falsas.

Sem essas três frentes, a enganação vai continuar a correr solta, cada vez mais ligeira.
Você Foi Enganado - Mentiras, Exageros e Contradições dos Últimos Presidentes do Brasil
Chico Otavio e Cristina Tardáguila. Ed. Intrínseca. 288 páginas. R$ 40

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas