Eleições 2018

Neto diz não considerar o crescimento de Haddad inesperado. Para ele, "muita coisa ainda vai acontecer"

[Neto diz não considerar o crescimento de Haddad inesperado. Para ele,
15 de Setembro de 2018 às 12:14 Por: Vagner Souza/BNews Por: Fernanda Chagas 0comentários

O prefeito de Salvador e presidente nacional do DEM, ACM Neto disse não considerar inesperado o crescimento do substituto de Lula, o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT). Neto se refere a última pesquisa Datafolha em que Haddad e Ciro Gomes (PDT) aparecem empatados tecnicamente na segunda colocação com 13% à frente do tucano Geraldo Alckmin (PSDB) com 9%. Jair Bolsonaro (PSL) segue na liderança com 26%. 

“Já era esperado que o candidato do PT com o apoio do ex-presidente Lula pudesse crescer nas pesquisas. Mas como eu sempre digo, tenho muita ressalva quando faça comentários sobre pesquisas porque o quadro muda a cada hora. Veja que há pouquíssimos dias, Marina Silva (Rede) era a segunda colocada e hoje está em quarto lugar com 8%, então os números estão mudando muito”, avaliou, durante assinatura da ordem de serviço do programa Morar Melhor, no Engenho Velho de Brotas, na manhã deste sábado (15). 

Para Neto, essa é uma eleição absolutamente aberta e imprevisível.  “Mas o  que importa é que o candidato Geraldo Alckmin, que é o meu candidato, tem uma estratégia definida e o nosso número é o do dia 7 de outubro”, frisou, relembrando ainda que na eleição passada, nesse mesmo período, o candidato Aécio Neves era considerado carta fora do baralho.

“Só foi crescer faltando 12 dias para a eleição e quase venceu a eleição contra Dilma (Rousseff).  Então, em uma campanha como essa, que demorou muito para começar, está demorando para se aquecer, em que as pessoas agora que começam a entrar no clima muito coisa ainda vai acontecer”, alertou.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas