Polícia

PM promete investigar suposta negligência no atendimento de soldado

[PM promete investigar suposta negligência no atendimento de soldado]
05 de Março de 2014 às 12:09 Por: Redação Bocão News (Twitter: @bocaonews)0comentários


Na manhã desta quarta-feira (5), por meio de nota a Polícia Militar informou que apura o caso de uma suposta falta de atendimento médico ao soldado Lima, lotado de uma Base Comunitária de Segurança em Itabuna, denunciado pelo coordenador-geral da Associação de Policiais e Bombeiros e de seus Familiares no Estado (Aspra), vereador Marco Prisco (PSDB).

Ainda segundo o esclarecimento, as imagens divulgadas mostram o policial militar -que já havia sido atendido em um posto de saúde e seria transportado em um ônibus da PMBA - que dispunha de conforto e estava muito próximo do horário estabelecido para a partida. A direção da PM faz questão de ressaltar que zela pelo bem estar dos seus integrantes e irá apurar, inclusive, o motivo que culminou na alta médica do policial, já que havia ainda, por parte do mesmo, uma alegada continuidade do seu estado de indisposição.

De acordo com Prisco, o soldado é hipertenso e chegou a ser medicado no posto de saúde, retornando ao trabalho. Porém, a pressão arterial não foi regularizada e novamente se sentiu mal. Os colegas de trabalho solicitaram a liberação de uma viatura para encaminhar ao hospital. Os oficiais teriam negado o pedido alegando que o suporte deveria ser feito pelo Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU), e por isso, o soldado teria aguardando cerca de uma hora.

Além disso, o tucano informa que colegas teriam cotizado para pagar um táxi e encaminha-lo ao hospital. Após a denúncia à associação, oficiais encaminharam uma viatura para interceptar o táxi e, enfim, acompanhar até o hospital.




Publicada no dia 4 de março de 2014, às 6h48

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas