Esporte

Após voto desastroso em Marrocos, Coronel Nunes fica de fora e é detonado em evento da Conmebol

[Após voto desastroso em Marrocos, Coronel Nunes fica de fora e é detonado em evento da Conmebol]
14 de Junho de 2018 às 10:30 Por: Redação Galáticos Online0comentários

Parece até piada, mas depois de tanto tempo tendo um presidente que não podia viajar, pois senão seria preso, agora a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) tem um presidente que não comparece aos eventos para não aumentar o constrangimento para o país, ou até mesmo gerar uma crise diplomática.

Isso aconteceu nesta quinta-feira (14), em Moscou, na Rússia, na inauguração da Casa Conmebol, que não contou com a presença do Coronel Nunes, atual representante máximo da CBF. O presidente foi orientado a não comparecer para não agravar a crise com a Conmebol, que não aceitou o voto brasileiro no Marrocos como sede para a Copa de 2026, já que o acordo era para que votasse na América do Norte (EUA, México e Canadá).

Em entrevista no local, o presidente da Associação Argentina de Futebol (AFA), Claudio Tapia, demonstrou uma grande irritação com o voto do Brasil no Marrocos, traindo o acordo para votar nos EUA. “Os acordos têm que ser respeitados”.

Já o chefe do Comitê Organizador Local da Copa América de 2019, Fernando Sarney, fez um discurso onde detonou a atitude desastrosa do Coronel Nunes. “A CBF está sempre alinhada com a Conmebol. Qualquer outra decisão diferente sempre será pessoal, e não uma posição da CBF”.

 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas