Esporte

Ameaça de presidente do Bahia a árbitro causa mudanças nos vestiários da Arena

[Ameaça de presidente do Bahia a árbitro causa mudanças nos vestiários da Arena]
09 de Agosto de 2017 às 09:37 Por: Reprodução Por: Redação Galáticos Online0comentários
Abordar árbitros e assistentes na entrada dos seus vestiários virou rotina de dirigentes em jogos do Bahia na Arena Fonte Nova. Seja para pressionar, ou para reclamar de marcações, representantes do Tricolor são constantemente vistos interpelando os profissionais do apito.
 
O hábito rotineiro chamou atenção de entidades administradoras e reguladores do futebol brasileiro. Preocupada com a situação, a CBF cobrou uma solução para o problema no estádio.
O estopim foi o caso envolvendo o presidente do Esquadrão, Marcelo Sant'Ana, no triunfo do time baiano sobre o São Paulo, no último domingo (6). O árbitro da partida, o carioca João Batista de Arruda acusou o dirigente de intimidação e ameaça e relatou na súmula.
"Cumpro informar que no intervalo da partida, a equipe de arbitragem indo em direção ao vestiário na zona mista, fomos abordados pelo presidente da equipe do bahia sr. marcelo sant'ana, que de forma incisiva e intimidadora, nos acompanhou até a porta do vestiário proferindo as seguintes palavras para o sexteto de arbitragem "nós só queremos correção! não queremos ser beneficiados! proferindo as palavras por diversas vezes. Na saída do vestiário de arbitragem quando o sexteto se encaminhava para o campo de jogo novamente na zona mista, o referido presidente continuou proferindo as seguintes palavras: "jogo desses não pode ter equívocos! eu conheço o dr. rubens Lopes presidente da federação de futebol do estado do rio de janeiro", escreveu o profissional.
 
E não foi só o árbitro que relatou o problema. Delegados da Federação Bahiana de Futebol e representantes da CBF nas partidas têm informado nos seus relatórios casos de abordagem aos sextetos de arbitragem na zona mista do estádio. Membros da diretoria do Bahia costuma descer dos seus camarotes antes do final do primeiro tempo dos jogos e acessam o espaço com a justificativa de que se dirigirão para o vestiário dos atletas. No caminho, desviam a rota e vão até a entrada do vestiário dos árbitros para abordá-los. 
 
E não é um fato novo. Em 2015, há quase dois anos, Marcelo Sant'Ana foi flagrado fazendo cobranças ao árbitro Leandro Vuaden após o BAVI pela Série B do Brasileirão.
 
“E a mão que teve do Vitória que o senhor não deu cartão amarelo?", disse o mandatário no clássico daquele ano. Em seguida, já sem a presença do presidente tricolor, outro membro não identificado xingou o árbitro. “Ladrão! (...) Olhe lá! Olhe o lance Vuaden! Olhe aí na telinha!”, esbravejou.
 
Diante dos repetidos casos, o presidente da FBF, Ednaldo Rodrigues, o supervisor de operações da entidade, Luis Alberto Becco, e funcionários da Arena Fonte Nova estiveram no estádio na tarde desta terça-feira (8). Após o pedido da CBF, o grupo iniciou uma série de vistorias na zona mista e vestiários do estádio com objetivo de realizar mudanças no local.
Segundo apurou o Galáticos Online, o vestiário da arbitragem deve ser deslocado para a sala onde hoje fica instalada a equipe que realiza os exames antidopings, onde não é permitida a aproximação de dirigentes e atletas. Outras mudanças também deverão ser feitas no local.
 
A reportagem entrou em contato com Ednaldo Rodrigues para saber mais detalhes da visita. Porém, o presidente da FBF revelou que a vistoria não pôde ser concluída devido à montagem da estrutura de um evento particular que acontecerá nesta semana, no estádio. O dirigente revelou que os vistoriadores não conseguiram ter acesso a todos os espaços necessários e por isso uma nova vistoria será realizada nesta quarta-feira (9), quando a entidade poderá dar mais detalhes.
 
Enquanto isso, o presidente do Bahia vive a expectativa de uma possível punição no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). A súmula da partida foi encaminhada pela CBF ao órgão, que poderá aplicar multa e suspensão a Marcelo Sant'Ana.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas