Bahia

Abertura de shopping aos domingos: Sindlojas critica falta de equilíbrio em negociação

[Abertura de shopping aos domingos: Sindlojas critica falta de equilíbrio em negociação]
08 de Novembro de 2018 às 19:53 Por: Divulgação Por: Redação BNews0comentários

Após faltar a reunião para resolver a situação da convenção coletiva dos comerciários, nesta quarta-feira (7), na 18° Vara no Tribunal Regional do Trabalho da 5° Região, o presidente do Sindilojas, Paulo Motta, afirmou ao BNews que "não tinha que comparecer porque não tinha o que conciliar".

"Nós não tínhamos o que negociar, nós procuramos o sindicato [dos Comerciários] várias vezes e ele fugiram de encontrar um equilíbrio de negociação. Está muito distante o que o Sindicato dos Comerciários quer e o que o Sindicato dos Lojistas está autorizado a fazer", afirmou Motta.

A Federação do Comércio e o Sindicato dos Comerciários chegaram a um entendimento e ficou decidido que as lojas representadas pela Federação do Comércio poderão abrir aos domingos e feriados. Segundo Paulo Motta, a Federação aceitou alguns pontos que, para o Sindilojas, não são negociáveis e, enquanto o Sindicato dos Comerciários não flexibilizar, não vai haver convenção coletiva. Ele explicou que o sindicato representa 90% das empresas dos shoppings e 90% do comércio de rua.

"Eles querem fazer convenção com retroativo a março e nós só fazemos para vigorar a partir de novembro, para não ter passivo trabalhista para as empresas; não podemos estabelecer em convenção que o trabalhador só faça a opção para descontar a taxa assistencial no sindicato, mas tem que ser na empresa; eles querem estabelecer uma multa para o dia 21 de abril em que o comércio funcionou, nós queremos a extinção do processo. Com esses itens, nós não fazemos convenção. É muito oneroso para as empresas", explicou Paulo Motta.

Mesmo sem entrar em um acordo e sem a convenção, Motta explicou que os lojistas e varejistas funcionam normalmente até o dia 18 de novembro, por conta de um acordo provisório firmado pelos sindicatos no dia 18 de outubro. Ainda de acordo com o Sindilojas, os meses de dezembro e janeiro funcionam normalmente todo domingo. "Só dia 25 de novembro que temos que resolver".

 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas