Jaques Wagner fala à imprensa sobre a greve da PM


Por Redação Bocão News (Twitter: bocaonews) | Fotos: Gilberto Jr.

Daqui a pouco, por volta das 13h, o governador Jaques Wagner se reúne, na Governadoria (Centro Administrativo da Bahia), com os presidentes da Assembleia Legislativa, deputado Marcelo Nilo, do Tribunal de Justiça da Bahia, desembargador Eserval Rocha, o comandante da 6ª Região Militar, general Racine Bezerra Lima, o chefe do Ministério Público Estadual, procurador Marcio Fahel, e o representante do Ministério Público Federal na Bahia, Pablo Coutinho. Na pauta do encontro, a avaliação da situação provocada pela greve dos policiais militares e tomada de decisões. Às 14h, logo após a reunião, o governador recebe a imprensa para uma entrevista coletiva.

na manhã desta quarta-feira (16), o Tribunal de Justiça da Bahia decretou a ilegalidade da greve da Policia Militar, além do pagamento diário de multa no valor de R$50 mil. Os policiais decidiram pelo movimento paredista na noite desta terça-feira (15), após o governo não ter aceitado a pauta de reivindicação da categoria.

Ainda de acordo com decuisão da  Justiça, o governo deve elaborar um plano de segurança de emergência para a manutenção da ordem no Estado.

COMENTAR

* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.

Windows Media Player Winamp QuickTime Real Player

RELACIONADAS

Polícia

Subtenente da PM fica em estado grave após acidente na BA-290

Política

Defesa do Consumidor aprova regulação de compras coletivas pela internet

Educação

Professores indígenas protestam em frente à Governadoria

Polícia

Comandante da PM e delegado geral deixam postos

Política

Jaques Wagner não quer ser ministro da Justiça, diz colunista