Seguindo tradição do avô, Neto presta homenagem à Rainha do Mar


Por Redação Bocão News (@bocaonews)

O prefeito ACM Neto (DEM) segue os passos do avó, o falecido ex-senador Antônio Carlos Magalhães e irá marcar presença em uma das principais festas culturais da Bahia, a festa de Iemanjá. O avó de Neto, ACM, era fiel às festas populares, estando presente sempre no Bonfim e não deixando de saudar Iemanjá no dia 2.

Ao Bocão News, a assessoria de Neto confirmou a ida do gestor ao local. Neto irá acompanhar a saída do presente principal. Outro político que já confirmou presença foi o deputado federal Antônio Imbassahy (PSDB).

A devoção

Cheiro de flores para a Iemanjá perfuma as ruas do Rio Vermelho na manhã deste sábado, 2 de fevereiro, em Salvador, quando devotos da rainha das águas depositam suas esperanças ou agradecimentos no mar.

A grande surpresa para os devotos e milhares de turistas que celebram  esta festa cheia de encanto e magia é o presente oferecido pelos pescadores, normalmente um escultura, que eles encomendas meses antes para homenagear Iemanjá durante o ritual.
Janaína, Princesa de Aiocá, Inaê,  Sereia,  Maria, Mãe-d'água ou  Nossa Senhora, não importa como é chamada, a fé que move jovens, velhos e crianças enaltece aquela que é celebrada no Brasil desse os tempos coloniais.

Foto: Roberto Viana // Bocão News
Nota originalmente postada às 7h do dia 2



Veja galeria de fotos no site 

COMENTÁRIOS

marcos - 02/02/2013 - 16:53
Não como nada disso!

Carregar mais comentários.

COMENTAR

* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.

Windows Media Player Winamp QuickTime Real Player

RELACIONADAS

Política

Neto descarta disputa pela presidência do DEM em Salvador

Política

Estamos calando a boca dos que querem dividir a cidade, diz Neto sobre oposição

Brasil

Detentos tiram fotos de festas e ostentam em piscina no presídio de Roraima

Política

Zé Neto rebate Oposição e diz que Governo gastou R$ 48 milhões em Segurança

Política

Sem querer polemizar, Neto pede ao governo para evitar blitz em horário de pico