PM convoca reunião para discutir greve


Por Redação Bocão News (Twitter: @bocaonews) | Fotos: Roberto Viana


Os praças e oficiais da Polícia Militar debatem a possibilidade de paralisação na próxima sexta-feira, dia 21, no espaço Wet'n Wild, na Paralela. Os PMs querem reajuste anual do salário pelo índice da inflação, o pagamento da URV, plano de carreira, mudanças no estatuto.

No último contato com o governador Jaques Wagner, em 21 de fevereiro, foi estipulado prazo até o mês de abril para que as demandas fossem atendidas.  A última greve de policiais na Bahia foi em janeiro de 2012 e durou 12 dias, liderada pelo atual vereador de Salvador Marco Prisco (PSDB), então presidente da Associação de Policiais e Bombeiros e de seus Familiares (Aspra). 

COMENTÁRIOS

João Carlos Carlos - 19/03/2014 - 18:28
É uma pena, pois o nosso então governador, imagina que vivi ainda! o século 1, DC ( Cristo) assim como os romanos, impondo suas regras.
dea - 18/03/2014 - 21:59
SÓ COM A GREVE O GOVERNO OUVE. GREVE JÁ!!!
jai pm - 18/03/2014 - 20:07
so jesus para ter misericordia de nos .pos encquanto tervermos um governo tao desumano como este,seremos sempre desrespeitados ...ora ate pareçe que ele paga o nosso salario com o seu dinheiro particular ....somos seres humanos tratado como sobre humanos ,cobram de nos a exelencia do trabalho ,e nao nos oferecen as minimas comdições .acabamos da sair de um caso de assalto a banco e troca de tiros ,e nos mandam de volta a rua para resolver briga de marido e mulher
Adnei Lordelo - 16/03/2014 - 14:58
Os policiais precisam deixar de ser usados como massa de manobra, para conseguir alguma coisa precisam eleger uma associação forte e livre dos tentáculos do Governo. A PMBA precisa trazer de volta as graduações de 3º Sargento, 2º Sargento e 2º Tenente.Feito isso tem que exigir do Governo a carreira única, quem quiser ser oficial tem que entrar como soldado e fazer carreira dentro da corporação. O concurso para oficial tem que ser feito dentro da PMBA para as praças, é um reconhecimento.
Carlos - 14/03/2014 - 09:15
Em pleno ano eleitoral e o líder é do PSDB. E querem reivindicar direitos? Por que não fizeram isso ano passado? Vão trabalhar.
carlos alberto barbosa rebouças - 14/03/2014 - 08:25
bom dia companheiros temos que rever nossos direitos se nos nao pararmos este governador nao paga a URV vamos da a resposta na eleiçao FORA PT na bahia ja mais

Carregar mais comentários.

COMENTAR

* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.

Windows Media Player Winamp QuickTime Real Player

RELACIONADAS

Polícia

PM prende dois homens e desarticula ponto de tráfico em São Cristóvão

Política

‘Foi uma conversa’, diz Wagner em tom de mistério sobre reunião com Dilma

Polícia

Vídeo: tentativa de suicídio é frustrada pela PM em Lauro de Freitas

Política

Em reunião do PMDB, Pedro Tavares é lançado candidato a prefeito de Ilhéus