PM convoca reunião para discutir greve


Por Redação Bocão News (Twitter: @bocaonews) | Fotos: Roberto Viana


Os praças e oficiais da Polícia Militar debatem a possibilidade de paralisação na próxima sexta-feira, dia 21, no espaço Wet'n Wild, na Paralela. Os PMs querem reajuste anual do salário pelo índice da inflação, o pagamento da URV, plano de carreira, mudanças no estatuto.

No último contato com o governador Jaques Wagner, em 21 de fevereiro, foi estipulado prazo até o mês de abril para que as demandas fossem atendidas.  A última greve de policiais na Bahia foi em janeiro de 2012 e durou 12 dias, liderada pelo atual vereador de Salvador Marco Prisco (PSDB), então presidente da Associação de Policiais e Bombeiros e de seus Familiares (Aspra). 

COMENTÁRIOS

João Carlos Carlos - 19/03/2014 - 18:28
É uma pena, pois o nosso então governador, imagina que vivi ainda! o século 1, DC ( Cristo) assim como os romanos, impondo suas regras.
dea - 18/03/2014 - 21:59
SÓ COM A GREVE O GOVERNO OUVE. GREVE JÁ!!!
jai pm - 18/03/2014 - 20:07
so jesus para ter misericordia de nos .pos encquanto tervermos um governo tao desumano como este,seremos sempre desrespeitados ...ora ate pareçe que ele paga o nosso salario com o seu dinheiro particular ....somos seres humanos tratado como sobre humanos ,cobram de nos a exelencia do trabalho ,e nao nos oferecen as minimas comdições .acabamos da sair de um caso de assalto a banco e troca de tiros ,e nos mandam de volta a rua para resolver briga de marido e mulher
Adnei Lordelo - 16/03/2014 - 14:58
Os policiais precisam deixar de ser usados como massa de manobra, para conseguir alguma coisa precisam eleger uma associação forte e livre dos tentáculos do Governo. A PMBA precisa trazer de volta as graduações de 3º Sargento, 2º Sargento e 2º Tenente.Feito isso tem que exigir do Governo a carreira única, quem quiser ser oficial tem que entrar como soldado e fazer carreira dentro da corporação. O concurso para oficial tem que ser feito dentro da PMBA para as praças, é um reconhecimento.
Carlos - 14/03/2014 - 09:15
Em pleno ano eleitoral e o líder é do PSDB. E querem reivindicar direitos? Por que não fizeram isso ano passado? Vão trabalhar.
carlos alberto barbosa rebouças - 14/03/2014 - 08:25
bom dia companheiros temos que rever nossos direitos se nos nao pararmos este governador nao paga a URV vamos da a resposta na eleiçao FORA PT na bahia ja mais

Carregar mais comentários.

COMENTAR

* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.

Windows Media Player Winamp QuickTime Real Player

RELACIONADAS

Política

Na cota do PDT, Alexandre Brust deve continuar na CBPM

Polícia

PM prende homem com drogas no Pero Vaz nesta madrugada (18)

Polícia

Comandante da PM e delegado geral deixam postos

Polícia

Guarnição da PM é recebida a tiros e três morrem em Sussuarana

Acidente

Acidente deixa três PM’s mortos e dois feridos em estrada do interior baiano