Baixar na App Store
Galaticos Online
Auditado pelo IVC

Menina de 12 anos que engravidou do primo da mesma idade dá a luz

Por: Caroline Gois (@goiscarol) - 21 de Julho de 2013 - 07h54

  • 4

Após enfrentar o desafio de ser mãe aos 12 anos por conta de uma relação com o próprio primo, da mesma idade, a jovem identificada com o nome fictício de Rosa - desde que o Bocão News repercutiu com exclusividade o caso - deu a luz, na manhã deste sábado (20), ao pequeno Douglas.
 
A criança, que nasceu com 47cm e 1.800kg ficará na incubadora por cinco dias, mas passa bem. Até o momento do parto - que aconteceu na materinidade Professor José Maria de Magalhães Neto, Rosa sofreu a dificuldade da falta de atendimento no Hospital público de Sátiro Dias, bem como o preconceito por ser mãe tão nova. 
 
"Obrigada  a todos que ajudaram e torceram para que isso fosse possível", agradeceu ao Bocão News, na manhã de hoje, Inês Santos Silva, que relatou o caso ao site e tem buscado ajudar a jovem.
 
A gravidez
 
"Eles foram criados juntos. Sempre brincaram e jamais imaginávamos que isso pudesse acontecer. As mães do dois são viúvas, têm outros filhos e deixavam os dois com os mais velhos para trabalhar e sustentar a família. Nem acreditamos quando a gente soube do bebê", contou à reportagem do Bocão News a tia da criança, Luzimarina Chavier dos Santos, que está cuidando da sobrinha.
 
Segundo Luzimarina, Rosa é da cidade de Sátiro Dias, localizada à 205 km da capital baiana, onde vive com mais três irmãos e a mãe. "Ela começou a sentir dores, enjôo e a mãe me ligou pedindo ajuda", disse, informando que a maternidade de Sátiro está fechada e, por conta disso, a sobrinha está com ela em Porto de Sauípe - povoado de Entre Rios, que fica a pouco mais de uma hora de Salvador. "Lá em Sátiro não tinha condições de atendimento. Só tem o Hospital Geral da cidade e pra marcar consulta leva até um mês. Por isso pedi que ela viesse pra cá para termos atendimento", contou.
 
 
A partir daí, começou a batalha de Luzimaria para ajudar a sobrinha e que tem o apoio da patroa, uma secretária que mora em Salvador e trouxe o caso ao Bocão News. "Fiz uma denúncia no Disk 100 - Direitos Humanos, no dia 20 deste mês e dia 23 o Conselho Tutelar de Entre Rios  - que atende à Porto de Sauípe, foi acionado. Fiquei impressionada com o descaso do setor público com um caso grave como este", afirmou Inês Santos Silva que, atualmente, busca resolver o problema da criança. "É um descaso total das secretarias de Saúde. Há uma semana eles [o Conselho e a secretária de Entre Rios] têm a denúcia e nada fizeram. A Promotoria e Prefeitura da cidade também já foram comunicados do caso de Rosa, que é grave. Ela e o bebê podem morrer", contou.

Leia aqui a matéria completa

Nota originalmente postada às 11h do dia 20
 

4 Comentários

* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.

  • suely c c pereia amorim

    21 de Julho de 2013

    "Que jesus proteja estas crianças e que as famílias se unam ainda mais nessa missão"

  • linda

    21 de Julho de 2013

    "Bocao venho tepedir uma ajuda manda sua ekuipe akui para ver a situacao da maternidade dakui de alagoinhas pelo amor de DEUSnos ajude isso n e uma maternidade isso e um lixo n tem toalhas falta medicamentos e o pior de tudo ele n tao dando anestezia nas gravidas no caso o pontos a mulher pare e eles n dao pontos isso e um absurto "

  • Janielly

    20 de Julho de 2013

    "Graças a Deus deu tudo certo esta torcendo por vc! Apesar da idade que tem! Deus abençoei vc ii toda sua famila!! Fiquei muito feliz em saber que vc consigio ter essa criança!!"

  • thiago

    20 de Julho de 2013

    "Conselho Tutelar de Entre Rios, e outras coisas aqui não funciona, bocão manda sua equipe aqui.tão fechando escola, hospital um lixo descaso.... manda a equipe aqui de surpresa pergunta a população como ta essa cidade.não divulga meu nome nem email. obrigado"

Relacionadas

  • Auditado pelo IVC