Pai de dois filhos com deficiência visual faz apelo para conseguir tratamento


Por Diego Vieira | Fotos: Arquivo Pessoal

Pai de dois filhos com deficiência visual, o pedreiro Maciel dos Santos vive um drama familiar. Moradores da cidade de Feira de Santana (BA), a cerca de 100 quilômetros de Salvador, eles passam por diversas dificuldades, além de enfrentarem as limitações da deficiência de Victor Gabriel Marques Alves, de 3 meses e Wanderson Marques Silva,de 4 anos.
 
Maciel dos Santos ao lado dos dois filhos, Victor Gabriel e Wanderson Marques
 
Em contato com o Bocão News, o pedreiro, que atualmente está desempregado, desabafou sobre a situação em que vivem. "Moramos numa casa pequena, passamos por muitas dificuldades e vivemos, na maioria das vezes, com a ajuda dos outros", contou.
 
Ainda segundo Maciel, a família não recebe nenhum tipo de benefício social. "Não recebemos nenhum auxílio do Governo. Já tentei dar entrada no INSS, mas todas as vezes que vamos fazer a perícia, é negado. Isso é um absurdo", desabafou.
 
Em relação ao tratamento dos filhos, que já nasceram com o problema na visão, ele contou que já percorreu por diversas unidades de saúde, mas o procedimento não é contemplado pelo Sistema Único de Saúde (SUS). "Levava eles no Hospital das Clínicas, mas os médicos me falaram que esse tratamento deles eu só consigo fazer pagando", relatou. "Eu não trabalho, preciso urgentemente de algum tipo de ajuda para cuidar dos meus filhos", completou.
 
Assista:
 
 
Publicada originalmente em 18/03 às 17h48

COMENTÁRIOS

Paulo matos - 19/03/2017 - 16:34
Procura o Instituto dos cegos de Salvador no Barbalho.

Carregar mais comentários.

COMENTAR

* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.

RELACIONADAS

Bocão News Folia

Ambulantes preferem não deixar crianças em abrigos da prefeitura

Saúde

Filha faz apelo por exame para iniciar tratamento de câncer de próstata do pai

Política

INSS vai remarcar quase 6 mil perícias após MP 739 perder validade

Política

INSS afasta ex-ministro e investiga privilégio a aposentadoria de Dilma