Salvador, 26 de Julho de 2014
Winamp windows Media Player Real Player QuickTime
Baixar na App Store
Galaticos Online

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Auditado pelo IVC

Taxa básica de juros sobe para 12,25% ao ano

Por: Redação Bocão News / Agência Brasil - 09 de Junho de 2011 - 06h57

  • 0

Foto: Elza Fiuza // Agência Brasil

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC), em reunião nesta quarta-feira (8), ajustou a taxa básica de juros (Selic) para 12,25% ao ano. O  índice que será mantido até a próxima reunião do colegiado de diretores do BC, agendada para os dias 19 e 20 de julho. A taxa anterior estava em 12%.
 
Foi a quarta reunião do Copom neste ano. Em todas, a Selic foi elevada, em um total de 1,5 ponto percentual no ano. A taxa fechou 2010 em 10,75% anuais. O índice definido na reunião de hoje ficou em linha com as expectativas da maioria dos analistas financeiros, como mostrou o boletim Focus, divulgado pelo BC na última segunda-feira (6).
 
Em comunicado sucinto, liberado logo depois da reunião, o Copom diz que “dando seguimento ao processo de ajuste gradual das condições monetárias, o Copom decidiu, por unanimidade, elevar a taxa Selic para 12,25% ao ano. Considerando o balanço de riscos para a inflação, o ritmo ainda incerto da atividade econômica do país, bem como a complexidade que envolve o ambiente internacional, o comitê entende que a implementação de ajustes das condições monetárias por um período suficientemente prolongado continua sendo a estratégia mais adequada para garantir a meta da inflação para 2012."
 
A taxa básica de juros incide sobre os financiamentos diários lastreados - títulos financeiros que estão vinculados a uma commoditie (como ouro, soja ou gado) garantindo um valor mínimo ao papel -  por títulos públicos registrados no Sistema Especial de Liquidação e Custódia (Selic). Criada em 1979 para dar mais transparência à negociação de títulos públicos, a Selic também é usada como instrumento de controle da inflação.

0 Comentário

* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.

Relacionadas

  • Auditado pelo IVC