Isaac Edington comemora resultados do Réveillon e diz que 2018 já está em pauta


Por Tiago Di Araujo | Fotos: Gilberto Jr / Bocão News

Com cinco dias de festa e atrações de peso, não tinha como o Réveillon de Salvador não se tornar o segundo principal atrativo turístico de festas após o Carnaval. E desse jeito a festa está sendo tratada pela prefeitura. Em entrevista ao apresentador José Eduardo, na rádio Metrópole, na manhã desta terça-feira (10), o presidente da Saltur, Isaac Edington, comemorou os resultados alcançados com a festa. 
 
"Tivemos um público recorde de 1 milhão e 600 mil pessoas nos cinco dias de festa. Salvador foi, junto com Rio de Janeiro, o destino mais procurado do Brasil para passagem de final de ano e a gente fica muito feliz em consolidar a festa e torná-la nosso segundo produto, junto ao Carnaval". 
 
Questionado sobre o desempenho da rede hoteleira em Salvador, o gestor afirmou que foi satisfatório e superou o ano passado. "A rede hoteleira em várias regiões da cidade registrou 100% e em média 97% de ocuparação. Superamos ano passado que teve 94% e já era uma meta difícil de bater. O resultado foi muito positivo".
 
E ao que parece, a festa de Réveillon encheu mesmo os olhos da gestão municipal. Segundo Edington, a divulgação do evento para 2018 será antecipada e atrações já podem pintar bem antes do que se imagina. "Já é o segundo produto da cidade. Por conta disso, a ideia do prefeito é antecipar ainda mais a divulgação do Réveillon e ainda no primeiro semestre anunciar parte da grade de atrações de 2018", projetou. 
 
Postado originalmente às 11h38

COMENTAR

* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.

RELACIONADAS

Bocão News Folia

Protagonismo do Carnaval é da prefeitura, reivindica presidente da Saltur

Bocão News Folia

O Fuzuê veio para ficar no Carnaval de Salvador, garante Isaac Edington

Réveillon

Previsões 2017: Lula tem uma serpente no caminho e sofrerá traições

Réveillon

Ano-Novo em Copacabana cumpre expectativa de 2 milhões de pessoas, diz Riotur

Réveillon

Previsões 2017: Safadão terá que ter cuidado com acidentes e espírito