Doria e Alckmin continuam suas campanhas na disputa interna do PSDB


Por Luiz Fernando Lima | Fotos: Alice Vergueiro // Folhapress

A disputa entre o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, e o prefeito da capital paulista, João Doria, para ser o porta-estandarte do PSDB na eleição presidencial de 2018 continua sendo tocada em meio a negativas de ambos. Doria afirma que não vai entrar em conflito com seu padrinho político e que ambos ficarão no ninho tucano. A engenharia para isso, no entanto, não é fácil.

Em dezembro de 2016, Doria declarou à coluna de Mônica Bergamo, na Folha de São Paulo, que nenhum dos dois saíra do partido. Reiterou a afirmativa nesta semana quando instado a comentar sobre as investidas de DEM e PMDB para atraí-lo. Mas de fato toda a movimentação do direto da Lide empresarial vai no sentido de percorrer o Brasil em busca de viabilização eleitoral.

Mais que isso, Doria vem buscando mecanismos para colocar nas direções executivas nacional e estadual (São Paulo) dirigentes que sejam aliados seus. Sabe que na atual composição tende a ser voto vencido quando a legenda colocar em votação o lançamento da candidatura à presidente da República. A ideia dos caciques tucanos, principalmente, Alckmin é que a escolha de seu nome seja anunciada em dezembro.

À coluna Painel deste sábado (12), o deputado Vanderlei Macris (SP) dá o tom sobre a impressão do grupo do governador a respeito da mobilização de Doria. “Conheço o João Doria e acredito que ele não cometeria uma traição dessas.”

É esperar para ver se o “clamor” dos ditos ‘cabeças pretas’ do PSDB pela “novidade” Doria vai vingar ou se os “cabeças brancas” dos partido tentarão outra vez disputar uma eleição com um candidato mais conhecido e derrotado eleitoralmente em 2006 peço ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O estilo ‘outsider’ da política de Doria tem ficado cada vez mais desmistificado diante das declarações e posicionamentos do prefeito de São Paulo nos últimos meses. Os próximos movimentos de “criatura e criador” darão o tom da disputa interna dos tucanos e como chegará o grupo político no pleito de outubro de 2018.

COMENTAR

* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.

RELACIONADAS

Política

Câmara de Teresina rejeita concessão de título de cidadão a Doria

Política

Doria grava vídeo para 'reafirmar sua lealdade' a Alckmin

Política

Doria usa ovada para ação de marketing com produtora de ovos

Política

Você desceu na Bahia e incorporou Xangô, diz Imbassahy a Doria

Política

Ovada em Doria vira piada e ganha memes nas redes sociais