Ao comentar condenação de Lula, Rui Costa cita Jesus Cristo e Mandela


Por Redação BNews | Fotos: Arquivo / BNews

Resultado de imagem para rui costa bocão newsNa manhã desta segunda-feira (17), o governador Rui Costa (PT) voltou a criticar a condenação do ex-presidente Lula. O juiz federal Sergio Moro, responsável pela Operação Lava Jato na primeira instância, condenou o petista a nove anos e seis meses de prisão em regime fechado. O processo se refere ao apartamento tríplex no Guarujá (SP). Lula vai recorrer em liberdade
 
“Foi uma condenação política. Não sou a favor que juiz tenha postura de político. As experiências em vários países no mundo, de quem vai fazer a justiça, e age politicamente, condena as pessoas mais vinculadas a população. Na África, tem [Nelson] Mandela. Eu diria, sem querer comparar as duas figuras, mas o que aconteceu com Jesus Cristo. A função de julgar não pode ter a cabeça política”, disse em entrevista na Rádio Metrópole.
 
E continua: “quem vai julgar alguém não pode está sendo fotografado. As fotografias são várias, do juiz com Aécio Neves. Está cheio de fotos em festas, brindando, sorrindo, em vários eventos do PSDB. Isso não é postura de um juiz isento. Isso é postura de militante partidário”, pontua.
Ainda de acordo com o governador, o ex-presidente mora no mesmo apartamento que residia antes de assumir a presidência.  “Não acharam dinheiro na conta dele. Não acharam nenhuma irregularidade”.
 
Na oportunidade, o governador lembrou que a jornalista Cláudia Cruz, esposa do deputado cassado e ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha, foi absolvida por Moro da acusação da prática dos crimes de lavagem de dinheiro e de evasão de divisas no processo que investiga o pagamento de propina oriunda do superfaturamento do contrato entre a Petrobras e a Compagnie Beninoise des Hydrocarbures Sarl para exploração de petróleo no Campo de Benin, na África.
 
“O mesmo juiz que condenou Lula, absolveu a mulher de Eduardo Cunha. Essa senhora gastou seis milhões com cartão de crédito. Meu cartão não chega nem a seis a mil reais”, encerra.
 

COMENTAR

* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.

RELACIONADAS