Com 244 inquéritos, Lava Jato em Curitiba está longe do fim


Por Redação BNews | Fotos: Theo Marques/Estadão

A condenação do ex-presidente Lula na última semana e os cortes de verba e pessoal na Polícia Federal não encerram a Operação Lava Jato em Cutibiba. Com 244 inquéritos e procedimentos criminais abertos e 40 açóes penais na Justiça Federal, os trabalhos da força-tarefa, composta por procuradores, policiais e auditores, estão longe do fim. 
 
“Há centenas de pessoas sob investigação e novas linhas de trabalho não param de surgir. Há áreas da Petrobrás em que a apuração ainda está amadurecendo, como a de comunicação e a de serviços terceirizados”, explicou o procurador da República Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa, ao jornal O Estado de S.Paulo.
 
São investigações de corrupção e desvios na Petrobrás e também em outras áreas, que resultarão em novas fases, com pedidos de prisões e buscas e apreensões – são 41, em quase três anos e meio de escândalo.

COMENTAR

* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.

RELACIONADAS

Política

Lava Jato pode ganhar reforço suíço, afirma colunista

Política

Lava Jato recupera R$ 1 bilhão nos dez últimos dias de investigação, diz MPF

Política

Fim de força-tarefa da PF é retrocesso, dizem procuradores da Lava Jato

Política

Procurador cita Jucá e diz que alvo da Lava Jato não é apenas corrupção do PT