Aécio diz que Temer pediu retirada da ação no TSE para cassar sua chapa


Por Redação BNews

Em conversa gravada entre o senador Aécio Neves (PSDB-MG) e Joesley Batista, dono do frigorífico JBS, o tucano conta ao empresário que o presidente Michel Temer pediu a ele que retirasse a ação contra a chapa Dilma-Termer no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) depois que Dilma Rousseff sofreu impeachment.
 
"A Dilma caiu, a ação continuou, e ele quer que eu retire a ação, cara, só que se eu retirar, e não estou nem aí, eu não vou perder nada, o Janot [procurador-geral da República] assume, o Ministério Público assume essa merda", diz o senador em conversa gravada pelo empresário.
O diálogo consta na página 11 do pedido de inquérito 4483, apresentado pela Procuradoria-Geral da República (PGR) e autorizado pelo Supremo Tribunal Federal nesta quinta-feira (18), para investigar Aécio, Temer e o deputado federal Rodrigo Rocha Loures. Veja o documento na íntegra.
 
Segundo o documento, a conversa ocorreu no encontro de Aécio do Joesley no hotel Unique, em São Paulo, em março deste ano. Em um dos pontos da conversa, eles falam sobre a ação que tramita no TSE pedindo a cassação da chapa Dilma-Temer, proposta pelo PSDB. Segundo o pedido de inquérito, pelo contexto da conversa, a pessoa que Aécio diz que pediu a retirada da ação é Temer, informa o G1.

COMENTAR

* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.

RELACIONADAS

Política

Racha no PSDB: grupo quer saída de Jereissati da presidência nesta semana

Política

No Twitter, Temer diz que reunião com Aécio foi para tratar da Cemig

Política

Emendas usadas por Temer para se salvar fazem a festa de deputados

Política

Centrão ameaça largar governo se tucanos seguirem nos ministérios

Política

Em programa de TV, PSDB critica 'presidencialismo de cooptação'