Aécio diz que Temer pediu retirada da ação no TSE para cassar sua chapa


Por Redação BNews

Em conversa gravada entre o senador Aécio Neves (PSDB-MG) e Joesley Batista, dono do frigorífico JBS, o tucano conta ao empresário que o presidente Michel Temer pediu a ele que retirasse a ação contra a chapa Dilma-Termer no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) depois que Dilma Rousseff sofreu impeachment.
 
"A Dilma caiu, a ação continuou, e ele quer que eu retire a ação, cara, só que se eu retirar, e não estou nem aí, eu não vou perder nada, o Janot [procurador-geral da República] assume, o Ministério Público assume essa merda", diz o senador em conversa gravada pelo empresário.
O diálogo consta na página 11 do pedido de inquérito 4483, apresentado pela Procuradoria-Geral da República (PGR) e autorizado pelo Supremo Tribunal Federal nesta quinta-feira (18), para investigar Aécio, Temer e o deputado federal Rodrigo Rocha Loures. Veja o documento na íntegra.
 
Segundo o documento, a conversa ocorreu no encontro de Aécio do Joesley no hotel Unique, em São Paulo, em março deste ano. Em um dos pontos da conversa, eles falam sobre a ação que tramita no TSE pedindo a cassação da chapa Dilma-Temer, proposta pelo PSDB. Segundo o pedido de inquérito, pelo contexto da conversa, a pessoa que Aécio diz que pediu a retirada da ação é Temer, informa o G1.

COMENTAR

* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.

RELACIONADAS

Política

Janot cobra multa de R$ 10 milhões de Temer e R$ 2 milhões de Rocha Loures

Política

Empresa de amigo de Temer tem contrato em obra da Fiol

Política

Às vésperas de ser denunciado, Temer se reúne com aliados