Presidente de comissão da OAB-DF é preso pela PF após delação da JBS


Por Redação BNews

O advogado e presidente da presidente da Comissão de Assuntos Constitucionais da OAB/DF, Willer Tomaz, foi preso pela Polícia Federal na operação deflagrada nesta quinta-feira (18) após delação do dono da JBS, Joesley Batista na Lava Jato.

Além de Tomaz, foi preso o procurador da República que atuava no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Angelo Goulart. Ambos participaram do esquema de infiltração da JBS.

Segundo informações do site O Antagonista, o procurador e o advogado tinham acesso às operações Greenfield, Sépsis e Cui Bono. Goulart passou a integrar as forças-tarefas em março e foi pago pela JBS para se infiltrar e espionar os trabalhos de investigação.

Notícias relacionadas:

 

COMENTÁRIOS

Telma - 19/05/2017 - 03:00
Felicidade é o que me define neste momento. Daqui a pouco virá à tona os trambiques que esse cidadão aprontou na Bahia. Já denunciei e ele já está sendo investigado na Bahia também.

Carregar mais comentários.

COMENTAR

* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.

RELACIONADAS

Polícia

Suspeito é detido com espingarda e revólver em Paulo Afonso

Polícia

Militar reformado é preso por extorsão em Salvador

Brasil

Polícia Federal faz operação contra venda de anabolizantes em seis estados