Presidente de comissão da OAB-DF é preso pela PF após delação da JBS


Por Redação BNews

O advogado e presidente da presidente da Comissão de Assuntos Constitucionais da OAB/DF, Willer Tomaz, foi preso pela Polícia Federal na operação deflagrada nesta quinta-feira (18) após delação do dono da JBS, Joesley Batista na Lava Jato.

Além de Tomaz, foi preso o procurador da República que atuava no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Angelo Goulart. Ambos participaram do esquema de infiltração da JBS.

Segundo informações do site O Antagonista, o procurador e o advogado tinham acesso às operações Greenfield, Sépsis e Cui Bono. Goulart passou a integrar as forças-tarefas em março e foi pago pela JBS para se infiltrar e espionar os trabalhos de investigação.

Notícias relacionadas:

 

COMENTÁRIOS

Telma - 19/05/2017 - 03:00
Felicidade é o que me define neste momento. Daqui a pouco virá à tona os trambiques que esse cidadão aprontou na Bahia. Já denunciei e ele já está sendo investigado na Bahia também.

Carregar mais comentários.

COMENTAR

* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.

RELACIONADAS

Política

OAB vai ao STF pedir que Maia analise com urgência impeachment de Temer

Polícia

Preso homem apontado como autor de arrastões na orla

Polícia

Preso homem suspeito de incendiar ônibus na Boca do Rio