Defesa de Lula rebate Léo Pinheiro: negociou versão com Ministério Público


Por Redação Bocão News | Fotos: Gilberto Júnior / Bocão News

Resultado de imagem para lula bocão newsA defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que Léo Pinheiro, ex-presidente da OAS, mentiu em seu depoimento ao juiz Sérgio Moro para ter seu acordo de colaboração premiada aceito pelo Ministério Público Federal (MPF), de acordo com o jornal O Globo.
 
Em depoimento ao juiz Sérgio Moro nesta quinta-feira (20), o executivo disse que Lula é o verdadeiro dono do tríplex no Guarujá que foi reformado pela empreiteira. O empresário disse também que o ex-presidente pediu que documentos sobre pagamento de "propina do caixa do PT" fossem destruídos.
 
"É uma mera afirmação de alguém que negociou a versão com o Ministério Público. É uma afirmação incompatível com a realidade dos fatos. Até porque a OAS colocou o imóvel como garantia diversas vezes como sendo dela. O importante é que, no dia 3, Lula vai estar aqui para mostrar a realidade dos fatos", declarou Cristiano Martins, na saída da audiência com Moro.
 
Em nota divulgada, a defesa do ex-presidente alega que outras testemunhas negaram que tríplex pertence a Lula. Diz também que a afirmação do empreiteiro é "incompatível com documentos da empresa, alguns deles assinados por Léo Pinheiro".
 
Leia na íntegra a nota da defesa de Lula:
 
"Léo Pinheiro no lugar de se defender em seu interrogatório, hoje, na 13ª Vara Federal Criminal de Curitiba, contou uma versão acordada com o MPF como pressuposto para aceitação de uma delação premiada que poderá tirá-lo da prisão. Ele foi claramente incumbido de criar uma narrativa que sustentasse ser Lula o proprietário do chamado triplex do Guarujá. É a palavra dele contra o depoimento de 73 testemunhas, inclusive funcionários da OAS, negando ser Lula o dono do imóvel.
 
A versão fabricada de Pinheiro foi a ponto de criar um diálogo - não presenciado por ninguém - no qual Lula teria dado a fantasiosa e absurda orientação de destruição de provas sobre contribuições de campanha, tema que o próprio depoente reconheceu não ser objeto das conversas que mantinha com o ex-Presidente. É uma tese esdrúxula que já foi veiculada até em um e-mail falso encaminhado ao Instituto Lula que, a despeito de ter sido apresentada ao Juízo, não mereceu nenhuma providência.
 
A afirmação de que o triplex do Guarujá pertenceria a Lula é também incompatível com documentos da empresa, alguns deles assinados por Léo Pinheiro. Em 3/11/2009, houve emissão de debêntures pela OAS, dando em garantia o empreendimento Solaris, incluindo a fração ideal da unidade 164A. Outras operações financeiras foram realizadas dando em garantia essa mesma unidade. Em 2013, o próprio Léo Pinheiro assinou documento para essa finalidade. O que disse o depoente é incompatível com relatórios feitos por diversas empresas de auditoria e com documentos anexados ao processo de recuperação judicial da OAS, que indicam o apartamento como ativo da empresa.
 
Léo Pinheiro negou ter entregue as chaves do apartamento a Lula ou aos seus familiares. Também reconheceu que o imóvel jamais foi usado pelo ex-Presidente.
 
Perguntado sobre diversos aspectos dos 3 contratos que foram firmados entre a OAS e a Petrobras e que teriam relação com a suposta entrega do apartamento a Lula, Pinheiro não soube responder. Deixou claro estar ali narrando uma história pré-definida com o MPF e incompatível com a verdade dos fatos.
 
Cristiano Zanin Martins"
 

Matéria relacionada

Vídeo: Ex-presidente da OAS afirma a Moro que Lula pediu para destruir provas

 

 

COMENTÁRIOS

miguelpereira - 21/04/2017 - 13:20
Esse problema do Lula vai durar séculos , pois o safado tem 80 advogados e está com todo o dinheiro do povo brasileiro.....
Luiz carlos silva - 21/04/2017 - 09:24
Estes advogados do diabo testas de ferro, querem tirar agua da pedra por dinheiro esses miseraveis querem converterem mentiras falcatruas em verdades, sera que todo mundo esta mentido inventando historias fantasiosas, pra incriminar o santo lula, nao e possivel, esses homens homens nao tenhe a desencia de dizer que realmente cometeram erros, e pagar pelos seus erros, sao uns tremendos corruptos e picaretas. Obrigado Luiz carlos

Carregar mais comentários.

COMENTAR

* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.

RELACIONADAS

Política

Casal Lula queria passar fim de ano no tríplex do Guarujá, diz Léo Pinheiro

Política

Vaccari e Okamotto pediram para que triplex do Guarujá ficasse em nome da OAS

Política

Após delação de Léo Pinheiro, capa da Veja narra ‘enterro político’ de Lula