Deputados do PSD “emplacam” Fernando Torres na Sedur


Por Luiz Fernando Lima

Os cinco deputados federais do PSD da Bahia pressionaram e conseguiram emplacar um deles, Fernando Torres, como secretário estadual na minirreforma a ser anunciada pelo governador Rui Costa até o próximo sábado (14).

Embora Fernando Torres tenha sido efetivado no mandato este ano — era primeiro suplente da coligação de 2014 e com a vitória eleitoral da então deputada federal e agora prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho (PT), se tornou deputado federal — o quadro feirense  “servirá” ao governo.

José Rebouças, ex-presidente da Codeba, era cotado para assumir o cargo que atualmente é exercido por Carlos Martins, entretanto, no desenho atual Rebouças fica a chefia de gabinete da Sedur.

Já a pedida para ter o controle da Conder não foi atendida até o momento. O partido ainda não desistiu, mas, ao que parece, Rui Costa e o PT não abrirão mão do órgão executor.

A informação foi checada com mais de uma fonte, no entanto, ressalta-se que a nomeação só acontece após publicação em Diário Oficial. Até que isto aconteça o cenário pode mudar.

Essa costura abre ainda a possiblidade de Josias Gomes, que deve deixar as Relações Institucionais, voltar para Brasília sem que Rui descumpra um acordo que tem com o PCdoB. O acordo consiste em manter Davidson Magalhães, segundo suplente da coligação, como deputado federal.

Se Fernando Torres for confirmado e Josias continuar compondo o secretariado estadual, o ex-secretário de Comunicação Robinson Almeida será alçado a deputado. Robinson foi o terceiro suplente nas eleições de 2014.

 

COMENTAR

* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.

RELACIONADAS

Política

Fernando Torres desconversa sobre secretaria, mas diz estar cansado de Brasília

Política

A três dias de anunciar reforma, Rui ainda não encontrou pasta para Marcelo Nilo

Política

AL-BA: com apoio da oposição, Nilo reitera 32 votos e alfineta adversários

Política

Governo atrasa pagamento de parcela do seguro-desemprego

Entretenimento

Chininha e Príncipe lançam CD com casa cheia no Rio de Janeiro