Vereador do DEM pedirá explicações sobre uso de Parque de Exposições pelo MST


Por Victor Pinto | Fotos: Arquivo Bocão News

O evento do MST que trouxe o ex-presidente Lula (PT) a Salvador deve gerar polêmica após a sua realização. De acordo com nota enviada para a imprensa, o líder do DEM na Câmara de Salvador, Alexandre Aleluia (DEM), afirmou que vai protocolar uma representação junto ao Ministério Público para que seja averiguado em que condições o Parque de Exposições, na Paralela, foi cedido para a realização do 29º Encontro Estadual do MST.

"Foi noticiado que esta cessão do espaço ocorreu de forma gratuita para um evento com claros fins políticos. O Parque de Exposições é mantido pela Secretaria Estadual da Agricultura e precisamos saber o que levou a esta prática que fere o princípio da impessoalidade na administração da coisa pública", disse Aleluia.

"Nesse evento, o líder do MST, João Stédile, convocou o movimento para invadir prefeituras como forma de barrar a reforma da previdência. Não é certo que o contribuinte pague por isso", opinou o vereador de Salvador, conforme a nota. 

COMENTÁRIOS

Amilcar Baiardi - 12/01/2017 - 11:23
Este não é o primeiro caso e nem será o último no qual se mistura o público com o privado e se abstrai conflito de interesses. Gostando-se ou não de Donald Trump, ele começa dando uma lição de separação entre as esferas público e privada. Delegou aos herdeiros a gestão dos seus negócios e estabeleceu que sequer tomaria conhecimento de novas ações, investimentos, acordos etc. Também afastou a mulher, a primeira dama Ivanka, de qualquer atividade que sugerisse que seu papel poderia influenciar em benefício para a corporação Trump.

Carregar mais comentários.

COMENTAR

* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.

RELACIONADAS

Justiça

Lula quer indenização de promotor que o chamou de ‘encantador de burros’

Política

Vereador preso com drogas na Bahia toma posse algemado, dá risada e é aplaudido

Política

Lula pede na Justiça indenização de R$ 1 milhão a promotor de São Paulo

Política

Longe dos holofotes, Rui e Lula tomam cafezinho em Salvador