Receita Federal retém R$ 1,8 mi do Fundo de Participação de Alagoinhas


Por Redação Bocão News | Fotos: Arquivo Bocão News

A Receita Federal reteve R$ 1,8 milhão do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) de Alagoinhas por falta de pagamento da antiga gestão do INSS dos servidores.  Segundo a prefeitura, a gestão anterior descontou em folha o INSS no mês de novembro de 2016, mas não repassou os recursos à Previdência Social.
 
“A retenção do FPM de janeiro compromete seriamente a vida financeira da Prefeitura de Alagoinhas e não existe mágica nas finanças. A solução para este problema só poderá vir do corte de despesas. Agora, mais do que nunca, o Executivo não pode gastar”, disse o secretário municipal da Fazenda, Daniel Grave.
 
Ele explica que além de não ter repassado o INSS de novembro, a gestão anterior também não repassou à Previdência Social o INSS dos servidores recolhido no 13º salário e no mês de dezembro de 2016.
 
A cidade era administrada por Paulo Cézar (PDT) e este ano Joaquim Neto do Democratas assumiu a prefeitura. 
 

COMENTAR

* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.

RELACIONADAS

Economia

 Receita Federal passa a exigir CPF de dependentes com mais de 12 anos

Política

Receita Federal retém nova parcela do FPM para Alagoinhas

Política

Prefeito eleito de Alagoinhas anuncia cinco secretários

Serviços

Receita libera consultas ao 6º lote do Imposto de Renda 2016 nesta terça

Política

INSS vai remarcar quase 6 mil perícias após MP 739 perder validade