Assembleia da PM é adiada para o dia 15 de abril


Por Redação Bocão News (Twitter: @bocaonews)

A Assembleia Geral conjunta das associações representativas dos policiais e bombeiros militares do Estado da Bahia que aconteceria na próxima sexta-feira (21), no Wet’n Wild tem nova data agendada. O encontro que servirá, segundo representantes da classe, de decisão e posicionamento sobre uma possível deliberação de paralisação da categoria foi adiado para o dia 15 de abril, considerado pelas associações como o dia "D".

A decisão foi tomada depois de uma semana de negociações das associações e com técnicos da Procuradoria Geral do Estado, Saeb e SSP, na tarde desta quarta-feira (19).

Durante o encontro foi debatida a questão acerca do prazo legal de encaminhamento à Assembleia Legislativa dos projetos de lei de interesse  da categoria. Nesta reunião, o Governo se comprometeu a apresentar a proposta final até o dia 10 de abril de 2014.


Leia nota na íntegra:


NOTA CONJUNTA DAS ASSOCIAÇÕES DOS POLICIAIS MILITARES DO ESTADO DA BAHIA

Depois de uma semana de negociações das Associações representativas dos policiais e bombeiros militares do Estado da Bahia com técnicos da Procuradoria Geral do Estado, Saeb e SSP, na tarde desta quarta-feira (19), dirimiu-se importante questão acerca do prazo legal de encaminhamento à Assembleia Legislativa dos projetos de lei de interesse  da categoria. Durante esta reunião, o Governo se comprometeu a apresentar a proposta final até o dia 10 de abril de 2014.

Diante do exposto, as Associações  entenderam que a lei vigente não inviabiliza o dia 10 de abril para a aprovação das propostas sobre subsídio,  plano de carreira,  Código de Ética, aposentadoria especial de 25 anos para mulheres, autonomia para o Corpo de Bombeiros, LOB, dentre outras importantes melhorias construídas durante o Grupo de Trabalho e Modernização da PMBA.

Assim, as entidades representativas de classe decidiram adiar a assembleia-geral conjunta, anteriormente prevista para o dia 21 de março,  remarcando-a para dia 15 de abril (terça-feira).

Juntos, somos fortes! Unidos, somos imbatíveis!

15 DE ABRIL É O DIA "D".

Publicada no dia 19 de março de 2014, às 22h


COMENTÁRIOS

Nome: Anônimo - 15/04/2014 - 13:41
Olá boa tarde, Celso quero só lembrar a vc o ocorrido com o repórter cinematográfico que morreu atingido por um rojão. quem praticou o ato não foi manifestante e sim um Block boy, e depois de averiguada a situação vimos a ligação dele com a política, não ficaria surpreso se o fato ocorrido na última GREVE , a baderna a que vc se refere, tenha sido orquestrada tb pela \"POLÍTICA\"
RENE - 21/03/2014 - 20:56
Quando é que essas associações vão pensar de forma RESPONSÁVEL em relação ao pessoal da reserva desde quando percebem a GAP IV esquecendo eles que amanhã estarão também na reserva
pedro - 21/03/2014 - 19:49
CELSO, TALVEZ VOCÊ NÃO SAIBA A REAL SITUAÇÃO QUE VIVE OS POLICIAIS MILITARES DA BAHIA, E NÃO SABE O QUANTO SOMOS ALVOS DE PESSOAS CHEIAS DE DIREITOS E SABERES QUE NADA TEM DE BOM.BADERNAR ? ESPERO QUE VOCÊ NUNCA PRECISE DA PM, POIS DAI VC VERA O QUANTOS OS PMS SÃO UTÉIS, E QUE APENAS ESTAVAM LUTANDO PELOS SEUS DIREITOS E MELHORES CONDIÇÕES DE TRABALHO!!
onofrio - 21/03/2014 - 19:44
ok, celso - baderna ?? Talvez você por estar de fora da situação real q como tanto outros jul
cidadão - 21/03/2014 - 09:32
é constitucional a aposentadoria para a mulher 05 anos menos, em todos os setores ocorre isto. Se sua briga é com as mulheres, mostra que não sabe, é o espelho da corporação, fruto de cultura passada de turma para turma, brigam entre si, um olhando o direito dos outros e ninguém se une. Com o escravos na senzala não era diferente, por isto foram muitos anos de escravidão
Indio - 20/03/2014 - 15:03
Wagner da 2% de aumento, ri da cara da PM e ainda adiam a assembléia, dia 15 não vai dar ninguém na assembléia.

Carregar mais comentários.

COMENTAR

* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.

Windows Media Player Winamp QuickTime Real Player

RELACIONADAS

Política

Após reunião com ministros, Dilma Roussef desiste de recriar CPMF

Política

Lula defende volta da CPMF e diz que tributo nunca deveria ter sido extinto

Política

Nada justifica falar em retorno de CPMF, diz Geddel Vieira Lima

Política

ACM Neto diz ser radicalmente contra CPMF e afirma que a crise é grave

Economia

União deve ficar com mais de 90% da nova CPMF; Dilma é pressionada a desistir