Salvador, 01 de Outubro de 2014
Winamp windows Media Player Real Player QuickTime
Baixar na App Store
Galaticos Online

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Auditado pelo IVC

Suspeito de matar policial é preso com meio quilo de cocaína

Por: Redação Bocão News (Twitter: @bocaonews) - 13 de Dezembro de 2012 - 23h18

  • 0
Uma grande quantidade de drogas foi apreendida, nesta quinta-feira (13), no bairro de Santa Mônica, em poder do traficante Fernando de Sena Duarte, o “Giba”, suspeito de envolvimento no assassinato de um policial civil, no ano de 2008. Na casa ocupada pelo traficante, na Rua Virgílio Gonçalves, na localidade de Tampão, os policiais da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR) encontraram uma pistola 380, com 11 munições intactas.

Também havia no imóvel, cerca de meio quilo de cocaína pura, distribuído em nove pacotes, 630 pedras de crack cortadas e prontas para venda, 162 pedras da mesma droga, em tamanho médio, sete dolões de maconha prensada, uma balança de precisão, tesoura, tubo de linha e frascos de fermento em pó. Uma prancheta encontrada no local continha anotações de dívidas contraídas pelo traficante com os fornecedores da droga, proveniente, segundo as investigações, de vários bairros da cidade, como São Caetano.

Autuado em flagrante por tráfico pelo delegado Marcelo Tannus, “Giba” afirmou no interrogatório vender drogas em diferentes locais no bairro de Santa Mônica e adjacências, frequentados por usuários, optando por não ter um ponto fixo e, assim, tentar despistar a polícia. Ele ficará recolhido na carceragem do Complexo Policial da Baixa do Fiscal. As drogas e a pistola apreendidas vão para perícia no DPT (Departamento de Polícia Técnica).

Entenda o caso do policial que foi morto em 2008:

Fernando de Sena Duarte é apontado como participante do assassinato do policial civil José Carlos Gonçalves Teixeira, apelidado de “Horrara”. O crime aconteceu há quatro anos, no bairro de Canabrava, onde o policial teria sido reconhecido pelos criminosos quando realizava uma investigação no local. A participação de “Giba” na morte do policial será investigada pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Fotos: Divulgação

0 Comentário

* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.

Relacionadas

  • Auditado pelo IVC