Polícia

Encontro das Águas: Filhinhos de papai presos por roubo

[Encontro das Águas: Filhinhos de papai presos por roubo]
25 de Julho de 2012 às 21:53 Por: Alessandro Isabel (Twitter @alesandroisabel)0comentários

Marcos Felipe, Rafael Brandão, José Rafael Bahia e Igor dos Santos


A frieza no olhar de José Rafael Bahia Forte impressiona até os policiais. De cabeça erguida, esboçando sorriso e com o semblante tranquilo, o jovem criado em berço de ouro não demonstrou preocupação ao ser apresentado à imprensa na manhã desta quarta-feira (25), em Salvador. “Talvez seja o fato de vários advogados já terem comparecido na delegacia para acompanhar o caso dele”, conta o delegado titula da 34ª Delegacia Territorial (DT/Portão), Cláudio Meirelles.

Rafael é apontado pela polícia como o líder da quadrilha de playboys que aterrorizava os moradores do condomínio de classe média alta Encontro das Águas, em Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). Outros três comparsas identificados como Rafael Brandão dos Santos, o 'Rafaelzinho', Marcos Felipe de Jesus, o “Lacerda” e Igor dos Santos Lobo – um pouco mais preocupados - também foram presos.

Em depoimento, o grupo assume que não precisava roubar para sobreviver, mas cometia os crimes para esbanjar em festas. “Eles contam que tem tudo o que querem e precisam. Falam claramente que era uma diversão. Só para ostentar em seu grupo social”, conta a delegada adjunta da 34ª DT, Maria Danielle. Segundo a delegada, Rafael contou que em uma única noite gastou R$ 15 mil em bebidas. “Ele roubava sempre na sexta-feira para poder curtir no final de semana. Era frequentador das mais badaladas boates da capital baiana”, revela.

A quadrilha é acusada de render e roubar, pelo menos, nove moradores do Encontro das Águas. “Os pais de Rafael são moradores do condomínio e por ter essa facilidade de circular dentro do espaço ele não levantava suspeita”, afirma o delegado-chefe da Polícia Civil, Hélio Jorge.

Os acusados foram presos na terça-feira (24)
durante cumprimento de mandato de prisão expedido pela justiça na Operação Encontro das Águas. Segundo informações da polícia Rafael Bahia morava na casa de uma tia no bairro da Ribeira, local onde foi preso. Na residência a polícia encontrou parte dos objetos roubados.

Rafael, Marcos e Filipe foram surpreendidos no bairro de Itapuã. “A prisão é fruto de um trabalho de investigação que durou nove meses”. Desde o primeiro registro – em novembro de 2011 – foram contabilizados dez ações semelhantes, todas atribuídas ao grupo”, conta Cláudio Meirelles.

Os rapazes são acusados de participar de uma quadrilha de roubo de carro. “Os advogados estão trabalhando para tirar todos, mas estamos trabalhando para deixar todos presos. Uma luta diária que hoje estamos apresentando o resultado”, conclui o delegado. Todos os jovens são de classe média alta.

A operação foi uma ação conjunta entre agentes da 34ª DT e Departamento de Polícia Metropolitana (Depom), coordenada pelos delegados Cláudio Meirelles e Heloísa Brito. Todos estão à disposição da justiça e seguem presos na carceragem da 34ª delegacia, em Portão.

Foto: Marcelo Castro e Gilberto Júnior // Bocão News

Nota originalmente publicada às 10h30

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas