Manifestantes fecham a Av. Paralela, após morte de jovem


Por Redação Bocão News

Familiares e amigos de Tarsis Santos Lima, 17, iniciaram uma manifestação em frente ao Salvador Shopping por volta das 17h deste sábado. Os trânsito na Avenida Paralela sentido Aeroporto está bloqueado. A informação é da Superintendência de Trânsito e Transporte de Salvador (Transalvador).

De acordo com o apurado pelo Correio da Bahia, cerca de 100 pessoas estão no local. As informações dão conta de que o jovem foi assassinado por um segurança do shopping, que está foragido da polícia, a assessoria do centro comercial nega (veja abaixo). Os manifestantes foram até o acesso quatro do shopping, onde gritaram palavras de ordem com pedidos de “Justiça”. Uma das entradas chegou a ser fechada.

O protesto também alcançou a linha exclusiva de ônibus. A Polícia Militar está no local e a Transalvador também enviou uma viatura para controlar o protesto. 

O caso

Um jovem foi morto por um segurança do Salvador Shopping na noite de sexta-feira (02). Segundo informações de testemunhas, Tarsis Santos, 17 anos, foi executado quando participava de uma festa que ocorre todas as sextas-feiras na Av. Tancredo Neves, em uma passarela que dá acesso ao shopping.

O adolescente estava em companhia de amigos quando o segurança, que não teve a identidade revelada, chegou armado e efetuou diversos disparos contra a vítima. Tarsis chegou a ser socorrido por populares para a emergência do Hospital Central Roberto Santos, mas não resistiu aos ferimentos.

O segurança fugiu e está sendo procurando. O caso foi registrado na 12ª Delegacia Territorial (DT), bairro de Itapuã.  O crime será investigado por agentes da Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoal (DHPP).

Por meio de nota o Salvador Shopping negou qualquer envolvimento de funcionários do shopping com o crime.


Nota Salvador Shopping
 
 
O Salvador Shopping esclarece que não tem nenhum de seus funcionários envolvidos no caso ocorrido na noite de ontem (02/03). Por volta das 22:30h, o shopping tomou conhecimento, através de transeuntes, que havia ocorrido disparos de arma de fogo próximo ao bairro de Pernambués. A polícia se fez presente no local tomando as devidas providências.
*Matéria originalmente publicada em 03 de março às 17h
Foto: Marina Silva // reprodução Correio da Bahia 

COMENTÁRIOS

edna - 08/03/2012 - 15:12
nasci e mi criei no bairro de pernambues e vi tarsis nascer e torna-se adolescente era um jovem muito educado nao ouviamos nada q pudesse provar q ele fosse de baderna espero q a pessoa q cometeu essa atrocidade pague caro
neide - 06/03/2012 - 20:18
acho isso tudo um absurdo pois tenho dois filhos e eu tambem quero justicia ele tem que ser punido nem todo muundo e o que pençasar que deus conforte esta familha eo abenscoi
mari - 06/03/2012 - 08:04
o problema não é o shopping, o problema é a favela, essa fábrica de miséria, exportadora de bebês e cães abandonados, bandidos e vândalos de todo tipo.
ALIZANE - 06/03/2012 - 00:37
É triste saber que existem pessoas com prazer em tirar a vida do outro,que JESUS TENHA MISERICÓRDIA DESSE HOMEM e console a família.Lembre-se que Jesus ama vcs.
silvio - 05/03/2012 - 13:59
fique muito triste com a familia de tarsis eu naum conhecia , mas vendo pelo si liga bocao, parece que o motivo do crime ficou bem claro,ele era da favela e negro isso é preconceito.queremos um mundo mas humano e respeitoso. justiça estou no lado dessa familia e cadeia a esse assassino..
Carlos - 04/03/2012 - 22:07
Eu conheci Tarsis Pessoalmente e era um garoto que não se metia em nada errado, com certeza por ser favelado os policiais atiraram acreditando que isso ficará em pune. Foi bastante triste ver a dor, o sofrimento de sua mãe ao ter que enterrar o filho no alto de seus 17 anos, com toda uma vida pela frente.E triste.

Carregar mais comentários.

COMENTAR

* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.

Windows Media Player Winamp QuickTime Real Player

RELACIONADAS

Polícia

Estudo revela 36 tipos de tatuagens relacionadas ao crime; veja especificações

Polícia

Feira de Santana recebe mais de 100 policiais para reforçar a segurança

Polícia

Nas mãos do tráfico, Recôncavo sofre com falta de segurança e ação das facções

Acidente

MPT cobra medidas de segurança para trabalhadores da Rlam