Policiais de Camaçari decidem aderir à greve


Por Redação Bocão News

Os policiais do 12º Batalhão da Polícia Militar de Camaçari (BPM) resolveram aderir à greve em solidariedade aos colegas que estão "acampados" na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA).

Os policiais do município da região metropolitana de Salvador, estão aquartelados e vão sair somente em situação de emergência, segundo informações informações do site Camaçari Notícias.
 
A Polícia Civil e a Cipe, conhecida como a Caatinga, comandada pelo major Adalberto Piton, deve reforçar a vigilância e as ações na cidade. Na Praça Abrantes, duas viaturas devem permanecer circulando durante todo o dia na cidade.

COMENTÁRIOS

marcos - 07/02/2012 - 09:24
essa caatinga so tem covarde nao aderiram ainda por cima fica apoiando esse ditador represalias a policia da caatinga folta pouco quero ver se ele nao vai ceder carnaval é pra semana quero ver se o carnaval vai ser com a seguranca da caatinga
ROBERTO - 07/02/2012 - 06:22
É VERGONHOSO VER COMO OS POLICIAL MILITAR E TRATADOS,ELES NÃO TEM DIREITO NEM DE LUTAR PELOS SEUS PROPRIOS OBJETIVOS, POR QUE QUEM ESTAR NO PODER NÃO RESPEITA ESTES HOMEM E MULHERES QUE ARISCA A SUA VIDA E AVIDA DA SUA FAMILHA POR MERECA. ACORDA PRA VIDA GORVERNADOR.
carlos - 07/02/2012 - 03:41
É necessário continuar a greve e aumentar cada vez mais as reeinvidicações contra o alto comando da policia militar, pois, quem não esta lembrado do então major alberto castro quando atuava no batalão do choque e invadiu junto com seus seguidores o antigo 8º batalhao - calçada em salvador e humilhou os compatriotas por exigir salarios, condições reais de trabalho e tratamento humano ao trabalhdor pm que continua a ser destruido na sua dignidade humana agora pela esquerda anters eram os idealistas de direita, ou seja não importa quem exerça o poder sempre os pm serão tratados da forma mais desumana que for possível e dane-se o proletariado...
Insegurança - 07/02/2012 - 02:39
Não estou mais conseguindo dormir direito, hoje aqui em Camaçari atiraram em um jovem na rua em que moro foram pelo menos uns 7 tiros e um policial também foi morto nas proximidades da UNEB.Estamos com muito medo dessa crescente violência que toma conta de nossa cidade e chega cada vez mais próxima dos nossos lares. Peço a Deus que ilumine nossos governantes para que cheguem a um acordo. A POPULAÇÃO NÃO AGUENTA MAIS ESSA SITUAÇÃO, SOCORRO!!!!!
Firmino - 06/02/2012 - 21:18
Parar foi um grande passo, agora é preciso ir a AL, e se juntar aos bravos milicianos, que lá se encontram sendo humilhados e agredidos pelo governo vergonhoso que colocamos no poder.
Paulo - 06/02/2012 - 20:57
A Cipe esta do lado do ditador da Bahia.Espero que eles para sempre sejam lebrados como o filho da policia militar que matou e envergonhou sua própria historia.

Carregar mais comentários.

COMENTAR

* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.

Windows Media Player Winamp QuickTime Real Player

RELACIONADAS

Polícia

Polícia Militar prende dupla com arma em Simões Filho

Polícia

Novo comandante da Polícia Militar é empossado pelo governador

Réveillon

Polícia Militar monta esquema especial de segurança para o Réveillon em Salvador

Polícia

Polícia Militar apreende bananas de dinamites em Conceição do Jacuípe

Polícia

 Academia da Polícia Militar realiza formatura de oficiais