Presos assassinos do universitário morto em Guarajuba


Por Redação Bocão News

Os três acusados de participar do assassinato do universitário Líbio Chaves Mendonça, de 22 anos, baleado na praça de Guarajuba, no município de Camaçari, foram presos no início da noite desta quarta-feira (11). Quatro tiros foram disparados na direção do estudante. Atingido por três tiros na cabeça, ele foi encaminhado para o Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador, ainda na madrugada de domingo (8), mas não resistiu aos ferimentos.



Segundo informações do delgado Nilton Borba, Danilo Dias da Silva, de 18 anos, estava na garupa da moto e efetuou os disparos. Quem conduzia o veículo era Marcos de Jesus Alves, também de 18 anos. O outro detido é Diego Mendes, da mesma idade, que, segundo informações da 18ª Delegacia, apesar de não participar diretamente do assassinato, ameaçava testemunhas e, inclusive, escondia a arma utilizada no crime.


Câmeras instaladas na praça e depoimentos de testemunhas auxiliaram na investigação que levou a policia até os acusados, presos em Barra do Jacuípe. "Eles já confessaram que foram à praça de Guarajuba para assaltar, roubar relógios, celular, dinheiro, mas os rapazes teriam reagido e isso teria provocado os disparos",  afirmou o delegado Nilton Borba.



O crime aconteceu na Praça de Guarajuba, durante a madrugada. O jovem teria reagido e foi baleado. Os assaltantes fugiram após o disparo sem nada levar. Líbio morava em Salvador e estudava na Área1 - Faculdade de Ciência e Tecnologia.


Fotos: Roberto Viana/ Bocão News

COMENTÁRIOS

VaN C. - 24/01/2012 - 00:22
Tinha que fazer a mesma coisa com esses 3 vagabundos,mesmo não sendo o certo,tenho certeza que os orgãos desses vagabundos irão ser mais uteis do que eles vivos.Muita Luz brother o resto com o tempo se resolve.
peter - 16/01/2012 - 18:27
Nos temos que manisfestar a nossa indignaçao com estes atos barbaros que vem acontecendo precisamos fazer alguma coisa para para mudarmos as nossas leis. precisamos de leis mais severas para diminuir estas ocorrencias que estão acontecendo com muita frequencia por causa da impunidade . o que acontece é que quando a policia prende a justiça solta sou a favor da pena de morte , igual ao japao, china etc...inclusive fazendo a familia do assassino pagar pelos cartuchos utilizados, talvez só assim diminua toda essa violencia. se preciso for iremos para a rua juntos unidos para mudar essas leis hipocritas e antiquadas.
nina - 13/01/2012 - 22:37
conheci libio no carnaval pagou ate taxi para virmos em bora e nao quis dinheiro da gente pessoa maravilhosa tao jovem bonito saldavel tudo pela frente uma carreira brilhante fazendo academia pra ficar mais bonito se preparando para o carnaval uma festa que ele apreciava muito vem tres bandidos e mata sem piedade,eles tem que morrer,morrer,morrer e aos poucos viu para eles sofrerem bem e ae nao tem nen um santinho nao sao todos matadores,libio descanse em paz meu filho que DEUS te der um bom lugar na vida eterna e bastante conforto pra familia
juciene - 13/01/2012 - 21:12
so deus para ter piedade o rapas tão lindo com um futoro tão lindo estes elemento ruim tira a vida deste jovem \" libio descansi en paiz.
indignado - 13/01/2012 - 17:16
tambem acho o jovem q teria tudo na vida agora esta morto por causa de vagabundos
jaemson - 13/01/2012 - 09:36
ele era meu irmão,morava no são rafael onde tive uma boa parte de minha vida ,ele era meu irmaozão velho,mais deus irá jugar eles . covardes o ser humano cada vez mais poodre. covardes covaaardes

Carregar mais comentários.

COMENTAR

* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.

Windows Media Player Winamp QuickTime Real Player

RELACIONADAS

Polícia

Homem é preso com arma de brinquedo no G Barbosa

Bocão News Summer

  Bocão News Summer: veterinária fala sobre cuidados com cães e gatos no verão

Cidades

Envie fotos e vídeos do estrago da chuva para o Bocão News

Polícia

Quadrilha desarticulada tem mais seis traficantes presos

Geral

Deli & Cia é interditada e gerente é preso, em Salvador