Dupla é presa por roubar R$ 53 mil de empresa de ônibus em Juazeiro


Por Redação BNews | Fotos: Divulgação/ Polícia Civil

Após a prisão de José Carlos de Melo Tenório e Robson da Silva dos Santos, na quinta-feira (29), no município de Juazeiro, no norte da Bahia, a 17ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) afirmou ter elucidado o assalto a uma empresa de ônibus, de onde foi roubado R$ 53 mil, no domingo.

O titular da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE/Juazeiro), delegado Flávio Martins, que coordenou a ação, informou que José Carlos foi o mentor intelectual do roubo, enquanto Robson executou o assalto.

Um terceiro homem, identificado pelo apelido de Branquinho, que é lavador de carros, e está sendo procurado.

De acordo com a Polícia Civil, as investigações revelaram que Branquinho levantou informações sobre a rotina da empresa para facilitar a ação dos comparsas. Um veículo utilizado no roubo, e identificado pela polícia por meio das imagens de câmeras de segurança da empresa, foi apreendido pela polícia, com Robson e José Carlos.

Parte do dinheiro roubado também foi recuperado: R$ 8.210, com José Carlos, além de uma motocicleta Honda, cor vermelha, comprada por ele com dinheiro roubado, segundo a polícia, e mais R$ 1.550 apreendidos na casa de Robson. No imóvel dele, a polícia encontrou ainda cerca de um quilo de maconha.

Ainda de acordo com o delegado, um par de tênis azuis e uma camisa com estampa de Bob Marley, usadas por Robson no dia do roubo, como mostram as imagens colhidas pela polícia, também foram apreendidos. Conduzida à delegacia, a dupla foi autuada em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico e vai responder pelo assalto à empresa.

Participaram da ação que resultou na prisão da dupla, na recuperação do dinheiro e na apreensão dos veículos e das drogas, equipes da DTE, 17ª Coorpin e Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR), todas com sede em Juazeiro.

COMENTAR

* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.

RELACIONADAS