Polícia identifica acusados da morte de Valdir Cabeleireiro


Por Tony Silva e Alexandre Galvão | Fotos: Divulgação / SSP-BA

 

Patric Ribeiro Tupinambá e Edgard da Silva Santos, vulgo "chocolate", são os acusados da morte do proprietário de salão de beleza, Valdir Macário, 45 anos, conhecido como “Valdir Cabelereiro”, assassinado com disparos de arma de fogo, dentro do seu estabelecimento, em 12 em novembro do ano passado. Conforme a polícia, as investigações indicam que Edgar é suspeito de ser o mandante do crime. Patric, que é um dos executores, também já possui mandado de prisão expedido pela Justiça. Os nomes da dupla, ainda esta semana serão incluidos no Baralho do Crime.

Ainda de acorod com a polícia, Edgar também é apontado como líder do tráfico de drogas em Mussurunga, Stella Maris e Ipitanga e já chegou a ser preso, algumas vezes, pela prática criminosa. De acordo com os registros policiais, a última prisão foi registrada no dia 18 de junho de 2015.

A polícia também reforça que a morte do cabeleireiro tem relação com o atendado com o irmão, Reginaldo Manoel da Silva, cometido cerca de um mês antes do crime. 

O Caso:

Valdir foi assassinado em novembro do ano passado dentro do seu estabelecimento, quando homens fortemente armados invadiram o local e dispararam contra a vítima na frente de funcionários clientes. O alvo seria o irmão do cabeleireiro, que sofreu uma tentativa de homicídio meses antes. Segundo declaração da delegada do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Andrea Ribeiro, durante coletiva à imprensa na época do ocorrido, o crime pode ter relação com o atentado sofrido por seu irmão, conhecido como Reginaldo.

A polícia continua as investigações para elucidação do homicídio.

Publicada originalmente em 09/01 às 17h29

COMENTAR

* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.

RELACIONADAS

Polícia

Três homens são presos após homicídio em Itapuã

Polícia

Peritos encontram partes de corpos em presídio no Rio Grande do Norte

Política

Governador Rui Costa lamenta morte de ministro do STF

Polícia

Homem envolvido em morte de bombeiro é identificado pela polícia