SAJ: prefeito Humberto Leite é acusado de dar calote em agência de publicidade


Por Vinícius Ribeiro (Twitter: @vin_ribeiro) | Fotos: Reprodução

Além da cobrança, prefeito vem enfrentando o descontentamento dos munícipes

A falta de pagamento de peças publicitárias elaboradas a pedido da Prefeitura de Santo Antônio de Jesus (SAJ), no Recôncavo baiano, motivou um protesto nas redes sociais. Através de um banner compartilhado entre os munícipes, o publicitário Luciano Nogueira afirma não ter recebido pela criação de marcas destinadas à gestão do prefeito Humberto Leite (PDT).

"Luciano Nogueira criou todas as marcas da Prefeitura Municipal de Santo Antônio de Jesus e suas secretarias, além de campanhas publicitárias de IPTU. Porém, a prefeitura não pagou pelos seus serviços", diz a peça que circula pela internet.

Ainda consta na arte, a possibilidade de interação dos 'descontentes' que incluem seus nomes acima da mensagem que diz: "Prefeito Humberto Leite, você não me representa, você me envergonha".

O Bocão News tentou contato com o prefeito Humberto Leite para comentar a mobilização contrária ao seu governo, mas não foi atendido. A assessoria do prefeito também não atendeu às ligações.

Membro da bancada de oposição ao governo, o vereador Uberdan Cardoso (PT) detalhou a situação ao site.“A empresa fez peças publicitárias para a campanha do prefeito e ficou 'apalavrado' que ele continuaria fazendo as peças da administração caso a campanha fosse vitoriosa. E foi! Como houve dificuldade, e não foi só na área de publicidade, justo pela incapacidade de gerir e planejar da administração, o Luciano (Nogueira), proprietário da empresa, continuou a fazer as peças publicitárias. Como não houve contrato assinado e a Prefeitura não encontrou uma forma de pagar o retroativo, deu calote no rapaz. Ele errou. Mas o prefeito legitimou o erro e agora sofre com mais uma campanha incisiva, onde o denunciante tem cópia das criações e até trocas de e-mails com os prepostos da Prefeitura solicitando as peças para campanhas”, contou.

Ainda contra o prefeito Humberto Leite, a imprensa local aponta através de estudo que, das promessas feitas nas eleições de 2012, apenas 6% foram cumpridas pelo gestor municipal.

Nota atualizada às 17h37 

COMENTAR

* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.

RELACIONADAS